Resenha #52 - Inocência? (Gail Carriger)

| |





Título original: Blameless
Série: O Protetorado da Sombrinha #3
Editora: Valentina
Ano: 2015
Tradução: Flávia Carneiro Anderson
Páginas: 304

Essa resenha NÃO contém spoiler desse livro ou dos anteriores: Alma? e Metamorfose?. Mas recomendo que pule a leitura da sinopse.



Inocência?

Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Ao abandonar a residência do marido e se mudar de volta para o lar de sua terrível família, Lady Maccon se tornou o escândalo da temporada em Londres. Além disso, a Rainha Vitória dispensa Alexia do Conselho Paralelo, e a única pessoa capaz de ajudar a esclarecer os fatos, Lorde Akeldama, inesperadamente deixa a cidade. Como se não bastasse, Alexia é atacada por joaninhas mecânicas assassinas, indicando – como apenas joaninhas são capazes de fazê-lo – o fato de que todos os vampiros londrinos estão muito interessados em vê-la rigorosamente morta. Enquanto Lorde Maccon concentra seus esforços em ficar cada vez mais ébrio e o Professor Lyall se desdobra para que a Alcateia de Woolsey se mantenha coesa, Alexia deixa a Inglaterra em direção à Itália em busca dos misteriosos Templários. Somente eles têm o conhecimento sobre os seres preternaturais que Alexia precisa para entender sua crescente e inconveniente condição, mas eles podem ser piores que os vampiros – e estão armados com molho pesto. A série de STEAMPUNK mais cultuada do mundo! Best-seller do New York Times e finalista do Goodreads Choice Award na categoria Paranormal Fantasy.

Livro enviado em parceria com a Editora Valentina para resenha




Inocência? é o terceiro livro da série Steampunk O Protetorado da Sombrinha. A história desse livro começa em algumas semanas após os últimos acontecimentos de Metamorfose?. Alexia encontra-se em uma situação delicada, e devido a isso, ela e Lorde Maccon se afastam, fazendo com que ela tenha que voltar para a casa de sua família, e sua mãe e irmãs estão piores do que nunca. Como se não bastasse, sua condição é exposta no principal jornal de Londres.

Esse livro não foi o meu preferido da série, mas foi o que eu li mais rápido, talvez pelos capítulos serem um pouco menores que nos livros anteriores ou por ter ficado tão curiosa com as respostas de algumas questões que eu me fazia desde o início da série, eu não conseguia largar o livro.

Alexia parte para a Itália com seu mordomo Floote e Madame Lefoux em busca de respostas sobre sua inconveniente condição e para saber um pouco mais sobre seu dom preternatural. Nessa viagem ela conhece pessoas bem interessantes como o relojoeiro, mas também pessoas infames como o sr. Lange-Wilsdorf que só quer estudá-la e os terríveis templários, um grupo de homens religiosos, que acreditam que os seres sobrenaturais não são criaturas de Deus, e portanto, não são dignos de atenção. 

Enquanto ela está enfrentando as mais difíceis situações na Itália, Lorde Maccon encontra-se em Londres em um estado totalmente lamentável. Ele anda deprimido e se embebedando, tentando esquecer as coisas que ele disse para Alexia no final do livro anterior. E acreditem, um lobisomem bêbado pode ser realmente um inconveniente e devido a isso, seu beta, o professor Lyall que terá que tomar algumas providências. Entre elas, descobrir por que o Lorde Akeldama e seus zangões sumiram de Londres. 

" - Deixe-me ver se entendi direito: o senhor é um lobisomem com profundo interesse pela reprodução de ovelhas? - O sotaque francês foi transparecendo aos poucos, em meio ao seu divertimento."

Senti bastante falta de algumas coisas, a interação da Alexia com o Lorde Maccon, e talvez por isso, não tenha sido meu livro preferido da série e dos diálogos sarcásticos que para mim é um dos pontos mais fortes dessa série. Embora eles ainda existam, eu senti que se perderam um pouco. Apesar dessas características, gostei muito das explicações a respeito do dom de Alexia, e entendemos o motivo dela conseguir anular os efeitos de seres sobrenaturais e porque ela encontra-se em uma situação aparentemente impossível. Explica também porque algumas pessoas possuem excesso de alma e outras não tem, como é o caso dela. As respostas foram inteligentes e sem explicações científicas demais que me deixassem perdida. Também achei esse livro com mais ação, tem perseguição do início ao fim da história e isso nos faz não querer perder uma linha do que está escrito.

Em meio a joaninhas assassinas, perseguições de vampiros que querem matá-la, templários que a consideram uma aberração sem-alma, Alexia terá que fugir e lutar pela sua vida das mais variadas formas. Sempre contado com a inseparável sombrinha e suas artimanhas. 

Embora tenha sentido falta de certas características, a escrita da autora continua fluida e envolvente. A diagramação segue o padrão dos livros anteriores e não me lembro de ter encontrado erros de revisão.

Se você tem curiosidade em conhecer um lobisomem como o Lorde Maccon em estado ébrio, Alexia lutando com joaninhas mecânicas assassinas e fugindo de vampiros, Madame Lefoux com um vestido cheio de babados, Ivy tomando conta de uma loja de chapéus, fazer uma viagem pela Itália ou pelas águas sujas do rio Tâmisa, recomendo a leitura de mais essa aventura.

" - Pelo visto, você conseguiu montar a sua do mesmo modo, minha querida. Um protetorado da sombrinha, por assim dizer.














19 comentários:

  1. Oie,
    Morro de curiosidade para ler essa série, confesso que no começo não e empolguei muito com ela mas fui lendo tantas resenhas positivas do primeiro livro que foi impossível não adicioná-lo a minha wishlist, estou bem ansiosa pela leitura e espero gostar.

    Beijos,
    Andy - http://www.starbooks.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oláa, eu sou louca para ler essa série, só não comprei ainda para ler por falta de oportunidade, mas com certeza será uma das minhas próximas aquisições!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  3. nao quis ler a resenha pq nao quero pegar a historia, quero mtt ler o livro :) mas fico feliz que vc tenha gostado
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. O que me chamou mais atenção nessa série foi por ela conter sobrenatural. Apesar de não ter sido o seu melhor livro da série, eu adorei saber que a escrita da autora é ótima, principalmente por ser fluídas. É chato quando você sente que faltou algo no livro, mas vai fazer o que, né?...

    ResponderExcluir
  5. Oi, Rafa. Quero muito ler Alma?, mas Inocência? não me convenceu. Mas quem sabe depois que eu ler o primeiro não fique mais interessada?
    Beijo,
    http://www.pactoliterario.com/

    ResponderExcluir
  6. Como esse é o terceiro livro da série fiquei com medo de ler sua resenha e pegar spoiler, mas tenho muita vontade de ler a série, algo me diz que vou gostar bastante. Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi Rafa, tudo bem?
    Eu sempre tive curiosidade em ler O Protetorado da Sombrinha, realmente é uma série que tem uma premissa que me deixa curiosa. Apesar de algumas ressalvas, percebi que gostou da leitura. Saber que a narrativa é fluída e envolvente me anima muito. Enfim, quero muito ler essa série e parabéns pela resenha.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?

    Sempre tive vontade de ler essa série, por ser steampunk e tudo mais, mas as capas acabam me afastando. Sim, eu preciso parar com isso. Um dia arrisco a leitura!

    Fernanda Oliveira | Meraki

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?

    Eu amo essa série desde o lançamento do primeiro livro aqui no Brasil, pois sempre gosto quando os autores conseguem inovar e criar algo novo, como foi o caso dos poderes da Al. Contudo, depois que li o segundo livro e me falaram que a editora não tinha intenção de publicar os demais livro, decidi parar de ler e esperar lançarem todos. Prefiro ficar sem ler por enquanto do que passar a raiva que passei quando esse boato estava rolando. Fizemos até campanha T_T. Enfim, estou doido para ler o resto da série, mas vou esperar um pouco.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Puxa, que pena que os diálogos sarcásticos se perderam um pouco, simplesmente amo essa parte!! Mas pelo menos teve essas explicações sobre o dom da Alexia para compensar, e achei legal ter mais ação também. Amo o Protetorado e incrivelmente ainda não li esse livro, mas pretendo fazer isso logo.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Olá Rafa, essa é uma série que eu tenho muita vontade de ler, sempre vejo comentários positivos sobre a escrita da autora e mesmo que esse não tenha sido seu livro favorito da série ele parece estar bem legal *--* Espero poder começar a lê-la em breve.

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  12. Oi Rafa, tudo bem??
    Eu sempre tive vontade de ler esse livro e fica cada vez mais longe a oportunidade de lê-lo, por falta unicamente de grana... a crise chegou em mim rs... talvez mais para o final do ano as coisas melhorem... ainda não sei... talvez não... ando perdida com essa questão, mas eu curti demais a sua resenha mesmo com as suas ressalvas... quando a gente se acostuma com uma coisa quer sempre vivenciá-la.. o fato de Alexia ter viajado pode ter sido um dos pontos que não teve os diálogos sarcásticos... fiquei interessada nessa joaninhas assassinas kkkkkk Xero!

    ResponderExcluir
  13. Rafaella!
    Desejo tanto essa série, tenho apenas o primeiro volume e quero todos, porque reúne vários seres fantásticos e ainda tem romance, então, fica completinho.
    Sem contar que as capas são fabulosas.
    Uma semaninha mais que abençoada!
    “Esquecer é uma necessidade. A vida é uma lousa, em que o destino, para escrever um novo caso, precisa de apagar o caso escrito.”(Machado de Assis)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  14. Já ouvi falar dessa série em outros blogs e fiquei muito interessada por se tratar de um tema que eu gosto muito, steampunk! Não li a sinopse e a resenha 100% pra não estragar a surpresa se um dia eu pegar pra ler, mas deu pra notar que ela é digna dos elogios que recebe.
    Besos!
    http://www.kuroneko1.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Rafa, tudo bem?
    Sempre leio críticas positivas em relação a essa série, mas ainda não senti vontade de ler. Até gosto dessa pegada sobrenatural, mas nesse caso o enredo não me conquistou. Quem sabe em um outro momento eu consiga dar uma chance.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Rafa!
    Nunca tinha ouvido falar desses livro e fiquei um pouco confusa com estória. Não achei a capa lá essas coisas e não senti muita vontade de ler, não gosto muito dessas coisas sobrenaturais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Eu amo as resenhas que leio dessa trilogia k parece ser tão engraçada! E as capas? Um luxo! a Alexia e o lorde Maccon (sempre falo/penso Bacon kkkk) tem cara de ser aquela casal doido, meio surreal até.
    Eu querooooo!
    bjos

    ResponderExcluir
  18. A galera fala tão bem dessa série que eu fico até curioso acho que talvez eu até comece a lê-la!! É uma pena que você não tenha gostado do livro por completo, mas isso não tira o encanto da serie eu ainda quero ler!!

    Xo
    Alisson
    Re.View

    ResponderExcluir
  19. Olha até então eu ainda não tive interesse de fazer a leitura desse livro, mas mesmo assim tenho que confessar que a trama me parece ser interessante. Adoro as capas dessa série. Acho ambas lindas. Espero poder ler assim que possivel

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/08/dia-de-quote-7.html

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...