Wishlist de lançamentos #2 - Maio/2015

3 comentários: | |


Oi gente, tudo bem com vocês?

Hoje eu venho com a minha Wishlist de Lançamentos aos 45 minutos do segundo tempo, mas o bom é que todos os lançamentos do mês que eram para terem sidos lançados, já foram... mas tentarei trazer mais para a metade do mês. E eu confesso que sou uma pessoa meio preguiçoso, e não procuro muito os lançamentos nos blogs, e pego eles na aba de lançamentos do Skoob, e as vezes não tem todos lá. Mas prometo que a partir de junho vou pesquisar melhor. Nossa, quantas vezes a palavra lançamentos foi repetida aqui.

Enfim, vamos ver o que me interessou nesse mês de maio:


Editora Arqueiro



Dezoito anos se passaram desde que a detetive Kat Donovan sofreu as maiores perdas de sua vida: a morte do pai e o fim do relacionamento com o noivo. Foram dois acontecimentos muito bruscos que ela ainda não conseguiu superar totalmente, mas, no dia a dia, prefere não pensar muito nisso.

Contudo, de uma só vez, essas duas feridas voltam a se abrir. Ao saber que o assassino de seu pai será executado, Kat resolve ter uma conversa com ele para esclarecer o caso. Mas o homem nega a autoria, dizendo que foi obrigado a confessar o crime, e ela acaba ficando com mais dúvidas.

Ao mesmo tempo, a detetive é procurada por um garoto que acredita que a mãe está desaparecida. Sem entender por que o adolescente insiste que ela, e não um outro policial, investigue o caso, Kat descobre que o sumiço está relacionado a seu ex-noivo e a um site de relacionamentos.

Lidando com dois casos simultâneos, ela decide seguir em frente com as investigações, mesmo que todos ao seu redor tentem dissuadi-la disso. Determinada, Kat trabalha segundo suas emoções, e a intuição lhe diz que ela não deve desistir.

Neste livro, mais uma vez Harlan Coben trata de perigos e riscos que podem estar mais próximos da nossa realidade do que se imagina. O resultado é um romance instigante que traça um cenário verossímil e impactante, fazendo um alerta para ameaças atuais que rondam nosso mundo virtual.






A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona?

A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?



Editora Intrínseca


Britt Pfeiffer passou meses se preparando para uma trilha na Cordilheira Teton, um lugar cheio de mistérios. Antes mesmo de chegar à cabana nas montanhas, ela e a melhor amiga, Korbie, enfrentam uma nevasca avassaladora e são obrigadas a abandonar o carro e procurar ajuda. As duas acabam sendo acolhidas por dois homens atraentes e imaginam que estão em segurança.

Os homens, porém, são criminosos foragidos e as fazem reféns. Para sobreviver, Britt precisará enfrentar o frio e a neve para guiar os sequestradores para fora das montanhas. Durante a arriscada jornada em meio à natureza selvagem, um homem se mostra mais um aliado do que um inimigo, e Britt acaba se deixando envolver. Será que ela pode confiar nele? Sua vida dependerá dessa resposta.


Editora DarkSide



Certa noite, meu pai me perguntou se eu gostaria de me tornar uma noiva fantasma...

1893. Li Lan é uma jovem que recebeu educação e cultura, mas que vive sem grandes perspectivas depois da falência de seus pais. Até surgir uma proposta capaz de mudar sua vida para sempre: casar-se com o herdeiro de uma família rica e poderosa. Há apenas um detalhe: seu noivo está morto.

A Noiva Fantasma é o surpreendente romance de estreia de Yangsze Choo, a escritora de ascendência oriental que está encantando fãs por todo o mundo.

Por mais fantásticas que pareçam, as noivas fantasmas ainda resistem até hoje em parte da cultura asiática. A prática, que chegou a ser banida por Mao Tsé-Tung durante a Revolução Cultural, foi muito frequente na China e na Malaia (hoje Malásia) no final do século XIX. O casamento era usado para tranquilizar um espírito inquieto, e garantir um lar e estabilidade para as mulheres que diziam sim a maridos já falecidos. É claro que elas tinham um preço alto a pagar, e com Li Lan não seria diferente.
Evocando obras como Lugar Nenhum, de Neil Gaiman, essa obra é uma história impressionante sobre o amor sobrenatural e sobre o amadurecimento, escrita por uma extraordinária nova voz da ficção contemporânea. 


Editora Farol Literário



No mundo em que Corin vive, logo nos primeiros anos de vida o nome da sua alma gêmea é marcado para sempre no seu punho. A busca pela pessoa predestinada pode durar anos, até mesmo décadas. Mas e se você nunca encontrar essa pessoa? Ou se encontrar e simplesmente não amá-la? E se, como Corin, a última coisa que você quiser é ser encontrado? Com essa obra, a autora ganhou o prêmio Sony Young Movellist.








Editora Novo Conceito



Em Apenas um Dia, os momentos de paixão entre Allyson e Willem foram interrompidos de maneira abrupta, lançando a jovem em um abismo de questionamentos e dor. Agora a história é contada pela voz de Willem. Sem saber exatamente o que o atraiu na garota de olhos grandes e jeito comportado, o rapaz inicia uma busca obsessiva por pistas que levem até a sua Lulu mesmo sem saber sequer o seu nome verdadeiro.

Enquanto tenta compreender o mistério que os separou, Willem se esforça para costurar relacionamentos desgastados e procura respostas para o futuro. Mais do que uma aventura de verão, o encontro em Paris significou para ele o início da vida adulta. Da mesma autora dos best-sellers Se Eu Ficar e Para Onde Ela Foi,

Apenas um Ano reúne todos os ingredientes de um romance imperdível: viagens, saudade, encontros, desencontros e amor.


Editora LeYa



Um relato poderoso sobre a dor e a superação após a perda de um filho

Quem poderia prever que, num instante, você está servindo um lanche para seus filhos, e, no instante seguinte, está dirigindo desesperadamente, no meio de uma tempestade, à procura do seu garotinho arrastado pela correnteza de um córrego que normalmente mal cobriria seus pés? Anna Whiston-Donaldson não previu nada disso e sempre pensou que o primeiro livro que escrevesse seria sobre pintura de móveis. 

No entanto, Pássaro Raro é sobre o amor entre mãe e filho, a superação da dor, os recomeços, a sabedoria e a fé para viver. E também trata da sobrevivência em meio à turbulência das emoções e do aprender a manter-se em pé quando tudo parece estar ruindo. 

“A história de uma mulher que sofreu uma desilusão profunda, esmagadora, cujos planos não deram certo, cujo coração foi partido pela vida, e que fica pensando se estará sozinha em sua dor.”


Editora Record


A histórial real dos sobreviventes de um acidente de avião no congelante norte do Canadá.

Em outubro de 1984, um avião da Wapiti Airlines bateu contra as árvores e a neve de um canto remoto do gelado e pouquíssimo povoado norte do Canadá. Da tripulação de dez pessoas, apenas quatro homens sobreviveram ao acidente aéreo: o piloto, um político, um policial e um criminoso. O policial foi o responsável pela grave infração de tirar as algemas do criminoso sob sua custódia antes da decolagem. Tal escolha se mostrou decisiva, uma vez que o criminoso foi quem conseguiu deixar a aeronave com menos ferimentos, e pôde ajudar os demais a se salvarem e se organizarem para enfrentar a madrugada que sucedeu aos acontecimentos, antes de serem resgatados. A autora, Carol Shaben, é filha do político que estava entre os sobreviventes, e fez sobre esta incrível história um uma inesquecível narrativa
.


Esses foram os lançamentos que me chamaram a atenção no mês de maio. Embora eu não leia muita biografia tem dois na lista que me deixaram bem curiosa. Estou doida por A Noiva Fantasma, mas ainda não li nenhuma resenha do livro, então vou esperar um pouco para ter uma melhor opinião... mas o livro é lindo. 

E vocês, já leram algum desses livros ou também desejam algum? Que outros lançamentos de maio vocês gostaram?




Meme: 5 coisas que eu quis ser

Um comentário: | |


Oi gente, tudo bem?

Faz tempo que eu não faço os posts de Blogagem Coletiva do Rotaroots, mas aqui estou eu com mais um meme.

Quem nunca quando criança ouviu aquela famosa pergunta: o que você quer ser quando crescer? E sério, eu deveria ter dito que queria ser grande, porque olha, ser baixinha não é fácil... rs. E também, quem nunca quis ser médico, advogado, astronauta, embaixador, e no final decidiu por uma profissão totalmente diferente do que desejou.

Pois bem, o meme de hoje consiste em dizer 5 profissões que eu já quis seguir


1. Medicina


Quem nunca teve o sonho de ser médico? Desde criança eu falava que queria ser médica de criança (pediatra) e logo depois eu tive vontade de ser médica oftalmologista. É uma profissão que eu acho linda, mas que agora que penso bem não combinaria muito comigo.


2. Biomedicina


Bom, quando desencanei da medicina, eu pensei na Biomedicina. Pois eu ainda continuaria salvando vidas, mas digamos que "por trás dos bastidores". 


3. Farmácia 


Mais ou menos na época da Biomedicina, veio o desejo de cursar Farmácia. Era um pouco parecido com Biomedicina, mas não exatamente a mesma coisa. Acho que desisti pelo mesmo motivo que eu desisti de Biomedicina, as amostras biológicas. Já cheguei a começar a fazer a faculdade de Farmácia, mas desisti logo no início. Na época eu estava fazendo curso técnico e não dava para conciliar, mas admito que sinto vontade de voltar a esse curso, e sinceramente, me arrependo de ter desistido.


4. Biologia 


Sempre gostei muito de Biologia e no meu ensino médio eu tive vontade de fazer biologia e depois seguir para a área de biologia celular ou genética. Também acharia muito legal ser biólogo marinho.


5. Graduação em Letras


Bom, até aqui vocês só viram cursos da área biomédica. Então não se assustem, mas eu já quis sim cursar Letras. Não sei bem o que eu faria depois e nem em que iria me especializar. Sempre gostei muito de ler e escrever, e adorava as aulas de português do colégio.



Então gente, essas foram as 5 coisas que eu quis ser, e pensando bem, acho que não teria mais. Nunca tive sonhos muito loucos, sempre gostei da área de biomédicas, e acho que só não segui essa área, pois não sou muito boa em mexer com material biológico. Mas o bom da profissão que eu escolhi é que se eu quiser eu posso me especializar em alguma área com essa atuação. 

E vocês, o que já quiseram ser? Modelo? Piloto? Astronauta? Apresentador de Televisão? Me digam aqui nos comentários. 


Esse post faz parte do Rotaroots. Um grupo de blogueiros saudosistas que tentam restaurar a blogosfera livre. Para saber mais, participe do grupo do Rotaroots no Facebook.



Resenha #44 - Não Pare! (FML Pepper)

36 comentários: | |


Série: Trilogia Não Pare! #1
Editora: Valentina
Ano: 2015
Páginas: 280




Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas.                                                                       
E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho!                                                                                           
Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a juventude.                                                                                                                                                 
Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina!                                                                                                                                                                                 
Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados?                                                                                      
Seria a Morte sua companheira para toda a vida?
É chegada a hora da verdade.


Já há algum tempo eu estava com vontade de ler esse livro, mas quando soube que a editora Valentina iria publicá-lo, e como vocês sabem, eu adoro o trabalho da editora, decidi esperar a edição física. Finalmente minha espera acabou, e eu pude enfim conhecer essa história que tantos falam tão bem. O resultado? Não consegui parar de ler até terminar, e ao mesmo tempo não queria que terminasse, pois a espera pelo próximo será dolorosamente longa. Exagerada não é!? Mas é que o livro conseguiu superar todas as minhas expectativas e se tornou mais um favorito.

Não dá para falar muito sobre o enredo sem soltar alguns spoiler, e acho que a sinopse já fez isso muito bem. Nesse primeiro livro da trilogia conhecemos Nina, e acompanhamos as suas mudanças, sempre indo de um país para o outro. Ela não entende porque tem sempre que passar por isso, porque não pode começar um ano letivo e terminá-lo no mesmo lugar. Ela se questiona sempre o motivo disso, e logo ficamos querendo entender o motivo também.

Enfim, Stela, a mãe de Nina, decide que elas enfim vão parar em um único lugar: Nova York. Nina fica muito feliz com a perspectiva de ter uma vida normal, logo consegue arrumar um emprego legal em uma livraria, começa a fazer amizades e até conhece um cara bonitinho. 

"Mas a sorte não costuma bater duas vezes na mesma porta, muito menos em dias seguidos. E o azar? Seria ele capaz de fazer um percurso bem distinto de sua antagonista?" (pg. 32)

Entretanto o normal não faz parte da vida de Nina. O que são os inexplicáveis acidentes que tem a rodeado? Por que quando eles acontecem ela fica paralisada? E Os calafrios? Por que tantos alunos novos tem aparecido em sua nova escola, quando isso não é comum no meio de um período letivo? Por que sua mãe sempre parece saber quando algo acontece a ela? Será que suas pupilas anormais têm algo a ver com tudo isso?. Essas são algumas das muitas perguntas que a Nina se faz ao longo da história, e que vamos descobrindo aos poucos e junto com ela, nos permitindo assim compartilharmos algumas das reações da Nina com suas descobertas. 

Ao longo da história vamos conhecendo vários personagens que terão grande importância na história, e entre eles está o Richard. Um rapaz com encantadores olhos azuis, mas que é bem frio, arrogante e misterioso. Aos poucos vamos conhecendo a história dele, quem ele é, e como sua vida está relacionada com tantos mistérios sobre a vida da própria Nina. Ela, por algumas vezes, pode chegar a ser bem inocente, mas gostei da força dela, quando tudo estava complicado demais e ela tinha todos os motivos para desistir da vida, ela continuou firme e em sua busca por resposta. Os demais personagens são igualmente bem construídos e desenvolvidos, todos com suas características próprias que nos farão amá-los ou odiá-los.

"Meu coração, perdido dentro de mim, oscilava entre o certo e o errado, o morno e o ardente. Kevin era gentil, agradável. Richard me queimava." (pg. 151)

A narrativa feita em primeira pessoa pela Nina é extremamente envolvente e muito fluida. Não consegui largar o livro até descobrir a verdade sobre Nina. O mundo paralelo que a autora criou, embora não tão caracterizado nesse primeiro volume, é bem construído. Gostei da forma que a autora criou os habitantes desse novo mundo, sua função nessa sociedade e de como a Nina tem um papel nisso tudo. A ambientação do livro, passando de Nova York a desertos é muito bem feita. Também conseguimos sentir uma grande conexão com os personagens que nos permite sentir o que eles estão passando. Além disso, o livro é cheio de ação e em alguns momentos são realmente de tirar o fôlego. 

Só tenho uma ressalva a fazer, que eu até pensei em retirar uma meia estrela por causa dela, mas depois pensei e achei que não seria justo. Em alguns momentos, quando o Richard está explicando algumas situações para a Nina, sobre o mistério da vida dela, ela acaba não entendendo. Logo após algumas páginas, a mesma coisa é explicada de novo. Isso acaba sendo repetitivo, pois a mesma explicação é repetida umas duas ou três vezes. Entretanto, eu decidi não tirar ponto da classificação da história por motivos de: se eu tivesse na situação da Nina, e escutasse as explicações que ela recebeu, eu também não aceitaria e acreditaria com facilidade. 

O livro trás alguns questionamentos, principalmente em relação ao Richard, que para mim foi um dos personagens mais complexos que tive o prazer de conhecer. Será que o bem e o mal pode existir numa mesma pessoa? E o que fazer quando nossas emoções vão contra tudo o que nos foi ensinado a fazer? O que fazer quando a emoção supera a nossa razão e temos que escolher entre o que é certo para nós, e o que parece ser certo para uma população inteira? E o quanto é frágil a linha entre a vida e a morte?

"Como a morte poderia ser tão bela? O certo seria que ela fosse horripilante como nos filmes de terror". (pg, 151)

Quanto a formatação está simplesmente divina, como eu já poderia esperar do trabalho da editora. Fonte com tamanho confortável, páginas amareladas e com detalhes que torna a edição ainda mais bonita. A revisão está excelente, não encontrei erros durante a história. 

Com personagens bem construídos, diálogos inteligentes, um romance bastante complexo e um mundo paralelo muito bem construído, FML Pepper nos traga para dentro dessa fantasia e não nos deixa pensar em outra coisa a não ser na história durante bastante tempo depois de finalizada a leitura. 






Essa resenha atende ao:
*2015 Reading Challenge - Tema 4. Um livro publicado nesse ano
*Desafio Literário Skoob 2015 - Maio: Histórias originalmente escritas em língua portuguesa (livros brasileiros, portugueses, moçambicanos, angolanos, etc). 


Para quem mora em alguma dessas cidades, não perca a oportunidade de participar do lançamento e garantir seu exemplar autografado. Com certeza eu irei em alguma dos dias aqui no Rio.







Parceria: Kate Willians

16 comentários: | |

Oi gente, tudo bem com vocês?

O blog fechou mais uma parceria com uma autora nacional. Na verdade, já faz um tempinho, mas estava meio enrolada com as coisas aqui do blog, por isso não consegui postar antes.

Como todos sabem eu adoro distopias e fiquei bastante interessada em conhecer alguma nacional do gênero. 

Ele será em breve lançado pela editora Literata, por isso a autora disponibilizou alguns e-books para os blogueiros lerem, fazer resenha e divulgar. 

Vamos conhecer um pouquinho da obra e da autora:


Sobre o livro:




Novos padrões de convivência foram restabelecidos após a Grande Guerra ter devastado o planeta. Os países, estados e cidades foram quase que inteiramente dizimados. Os sobreviventes encontraram um novo meio de restaurar sua sociedade; dividir as pessoas com base na sua classe social. Os governados e os governantes. Num mundo onde o poderio militar dita as regras, será necessário muito mais do que um exército para impedir que os dois mundos eclodam. Thiago é soldado por obrigação e um Governado por nascença. Laura é filha do Coronel, uma Governante. O que eles não esperavam, é que viveriam um amor capaz de transcender o Regimento. A pergunta que fica é: você iria contra a sua família e sua origem, para viver um grande amor?



Sobre a autora:



Kate Willians é escritora. Tem 20 anos e o seu maior sonho, é encantar as pessoas com suas palavras. A literatura a salvou, e espera um dia conseguir usar a mesma fonte para salvar outras pessoas também. Espera fazer com que os jovens acreditem que sim, os livros são a melhor e maior ponte entre a fantasia e a realidade. É extremamente apaixonada pelo que faz e adora passar o tempo livre com a família e o namorado.


Então, o que acharam do livro? Parece ser bem interessante. Não sou exatamente fã de livros com um teor político, mas como é uma distopia, não dá para ficar muito longe disso. Logo irei ler o e-book e trago para vocês a resenha. E o que acharam da capa? Achei meio sombria, mas está muito bonita. 


 Acompanhe a autora em suas redes sociais: Fanpage Facebook Pessoal Blog






Dicas da Semana #11 - Colecionáveis Mini Cult

18 comentários: | |

Oi gente, tudo bem com vocês?

Mais um domingo, mais um post de Dicas da Semana. Estava meio sem ideias do que postar aqui hoje, mas agora, estava tentando dormir (é, eu sei, essa não é hora de dormir), então me deu um estalo.

O que colecionadores de livros gostam? Livros! O que mais? Enfeites para colocar na estante. Fala sério, quem não gosta de encher a estante daqueles enfeites fofinhos!? Eu adoro, desde canecas, colecionáveis e ainda terei um minion para chamar de meu.

Pensando nisso e lembrando que há uns dias atrás eu vi no meu twitter alguns colecionáveis super fofinhos, estou aqui hoje indicando a loja Mini Cult. Esses colecionáveis são miniaturas feitas a mão em biscuit, de personagens da cultura pop (filmes, livros, série). São super lindinhos e bem detalhados. 

Na loja virtual há os mini cults de personagens individuais de livros como Harry Potter, Jogos Vorazes, O Senhor dos Anéis, de alguns desenhos da Disney, GOT e muito mais. Além disso, também tem alguns combos de vários personagens juntos. No site também tem outros itens, como marca páginas, aparadores, brincos e pingentes. Vale muito a pena dar uma conferida no site.

Vou colocar agora alguns mini cults que eu adorei e fiquei louca para adquirir. Assim que tiver dinheiro vou comprar. Lembrando que o crédito de todas as imagens são do site.



Quem me conhece sabe que eu amo o Snape, e nossa, olha que fofinho *-*. Olhem os detalhes do olho, e da capa!
Babando nesse combo!! Detalhe para o perebas na mão do Rony, a varinha na mão do Harry e o livro na mão da Hermione. 



Olha o presidente Snow e suas rosas brancas. Aqui ele está até parecendo suportável. 



Para os amantes de GOT olha a Daenerys. 


Então é isso gente, essa é a minha Dica da Semana. Para ver mais fotos e obter mais informações acesse o site (aqui) e a fanpage (aqui). Achei o preço bastante razoável levando em conta que é tudo feito a mão e com bastante carinho.

Se alguém já tiver comprado nessa loja me fale se gostou do produto e de como é o atendimento deles. 


Beijinhos e bom domingo,








Top Ten Tuesday #4 - Personagens de livros que gostaria de conhecer

22 comentários: | |
Oi pessoas lindas, tudo bem com vocês?

Hoje eu venho trazer para vocês o Top Ten Tuesday que foi desenvolvido pelo blog  The Broke and The Bookish e lá já tem os temas pré-determinados.

O tema de hoje é livre, então eu decidi por 10 personagens de livros que eu gostaria de conhecer. Afinal, que leitor não gostaria de conhecer os personagens dos seus livros preferidos? Eu sou daquelas pessoas que lê um livro e fico imaginando como seria se eu conhecesse os personagens, o que falaria com eles e tudo o mais.

Vamos à minha listinha então. Não colocarei em ordem de preferência, e com certeza há muito mais de 10 personagens que eu gostaria de conhecer.


1. Damon Salvatore (Diários do Vampiro)


É o Damon gente... e ele é tão maravilhoso nos livros quanto na série. Já li o livro até o quarto, mas desisti, então só estou acompanhando a série... mas é o Damon!! Meu vampiro preferido.


2. Finnick Odair (Trilogia Jogos Vorazes)


O Finnick é maravilhoso!! Simples assim!!


3. Magnus Bane (Os Instrumentos Mortais)


Eu só li dois livros da série, mas já adoro o Magnus. E para mim o Godfrey Gao sempre será o Magnus.


4. George (Louca Por Você)

Crédito da Imagem: Cantinho para Leitura
Eu não gostei tanto assim da leitura do livro e dos protagonistas, mas o George é maravilhoso. Melhor amigo gay ever!!


5. Severus Snape (Harry Potter)


É até covardia escolher apenas um personagem da série que eu gostaria de conhecer. Mas o Snape é meu personagem favorito, e mesmo com esse jeito dele, eu adoraria conhecê-lo. Na verdade, eu tive um professor que me lembrava muito o Snape!

6. Ariosto (As Faces da Luz - Trilogia Arcantatys)


Adoro lobisomens e um dos meus personagens preferidos do livro As Faces da Luz da autora Tatiane Durães é o Aristo. Adoro o jeito dele e como ele é fiel e companheiro e shippei muito ele com a Tayara. 


7. Karou (Feita de Fumaça e Osso)


Para não falarem que eu só quero conhecer os personagens masculinos. Eu adoraria conhecer a Karou, adoro a personalidade e a determinação dela. 


8. Rose Hathaway (Academia de Vampiros)


Adoro a Rose e sempre me divirto bastante com ela. 


9. Jayne Sparks (A Guerra dos Fae)


Essa série tem ótimos personagens e é até maldade escolher apenas um. Mas a Jayne, a protagonista, é ótima. Além de ser bem poderosa e corajosa, é uma amiga bem leal.


10. Esther Earl (A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar)


Bom, nem sei se deveria colocar ela aqui, porque ela não é uma personagem de um livro fictício, ela existiu. Mas como eu disse na minha resenha, eu realmente gostaria de ter conhecido a Esther e ter sido amiga dela. Admiro muito ela por ter sempre enfrentado a doença de cabeça erguida, e por ter sido a menina boa e amiga que ela foi.



Então, o que acharam do Top Ten de hoje? Bom, com certeza tem muito mais de 10 personagens que eu gostaria de conhecer, mas não foi fácil fazer essa lista. Bom, eu iria colocar o Klaus (The Originals), já que será lançado o livro da série, então ele estaria incluído na categoria, mas já que o livro ainda não foi lançado no brasil, não coloquei... rsrs.

E vocês? Gostariam de conhecer algum desses personagens? Qual personagem de livro você mais gostaria de conhecer?






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...