Ação Literária #1 - Um livro para as mães

| |

Oi gente, tudo bem com vocês?

O Vamos Falar de Livros? tem uma novidade para vocês. O blog agora faz parte do Ação Literário, que é grupo de blogueiros que em todo o mês dá dica de livros sobre um determinado tema. Sempre achei bem legal os vídeos do ação, mas como não gravo, eu não participava, mas agora também pode ter post escrito, então era só o que eu precisava para participar.

Para quem quer acompanhar as postagens do projeto, é só ficar de olho na página do Ação no Facebook (aqui) e se tiver interesse em participar, nos mande uma mensagem para saber como proceder.

Sempre farei os posts nos domingos, e como é sempre uma dica de livro, acaba substuindo bem o post de Dicas da Semana. Como maio foi o mês do Dia das Mães, o tema escolhido por esse mês foi: Um livro para as mães.



Eu pensei bastante sobre o livro que eu iria indicar, pois não encontrava muitos que se encaixam bem no tema. Então eu pensei, vou colocar um livro que a minha mãe leu e gostou, e que tenha uma relação de mãe e filha no livro. Então, depois de pensar, Ratos do autor Gordon Reece se encaixou nessa categoria. Mas antes devo avisar, o livro é um Thriller psicológico, então talvez não funcione para todas as mamães, mas funcionou para a minha.

O livro conta a história de Shelley e sua mãe, Elizabeth. Elas foram maltratadas durante a vida inteira, e tem consciência disso, elas próprio se consideram como ratos, que vivem escondidas. Um dia, entretanto, depois de algo extremamente grave que aconteceu com a Shelley, elas decidem se mudar para um chalé no meio do nada. Elas se sentem confortáveis apenas as duas, com livros, artes e músicas. Entretanto, quando elas pensam que enfim estão livres do pesadelo de suas vida, algo acontece que irá mudar completamente a forma como elas pensam e agem.



O livro é narrado em primeira pessoa, sob o ponto de vista da Shelley e no início pode ser um tanto cansativo, pois não possui muitos diálogos, mas em determinado momento a narrativa se torna bem eletrizante. O livro mostra que mesmo os ratos, as pessoas que vivem escondidas e com medo de tudo, chega a um limite e cansa de sofrer humilhações. Ele mostra a força de uma mãe para proteger a filha de uma situação que saiu dos controle e não vai medir esforços até tudo ficar bem novamente. Mas acima, de tudo, ele mostra como as pessoas são capazes de superar às dificuldades da vida e se tornar mais fortes, mais corajosas e determinadas. 

Através de uma situação caótica, Shelley e sua mãe se tornam pessoas fortes e que não deixarão mais que passem por cima delas. 

O livro foi uma grande surpresa para mim e também para a minha mãe, e sempre que posso eu recomendo. É um livro sobre determinação, e como é ter que lutar dia a dia, após sofrer humilhações do mais variado tipo, e depois lutar ainda mais, para ter uma vida digna e não viver assombrada pelos fantasmas do passado. O livro é impactante e recomendo para todas as mães, que mesmo que não gostem de livros do gênero, com certeza vão se identificar pela força e determinação dessa mãe, que fará tudo para proteger a sua filha e a si mesma.


"Eu sabia que aquelas palavras haviam saído de minha boca, mas o sentimento era tão pouco familiar aos meus ouvidos que era quase como se outra pessoa as houvesse dito. Não era um rato falando; eu não me esquivaria pelos cantos à procura de um lugar seguro onde me esconder, eu não ficaria completamente parada, esperando não ser vista. Eu me sentia mais forte, mais confiante, mais capaz do que nunca. A vida é brutal. A vida é selvagem. A vida é uma guerra. Eu compreendia isso agora. Eu aceitava isso. E eu disse: pode vir. Eu já não seria vítima de ninguém. Nunca mais." 


Bom, eu sei que eu fui um pouco vaga quando eu falei sobre o enredo do livro, mas é bem interessante descobrir o que aconteceu durante a leitura. 

Para quem se interessou pelo livro, ele sempre está em promoção nas livrarias online, às vezes por menos de R$ 5,00. 


Blogs participantes:

Livros Y Viagens
Meu Mundinho Fictício
Coração de Tinta
Proseando com uma Bibliophile
Minhas Escrituras
Leitura Vip





8 comentários:

  1. Que bacana que agora participa do Ação Literária :)

    Esse livro é MUITO bom mesmo, e foi um achado, né? Eu paguei menos de R$5,00 nele mas agora o preço meio que "flutua". Como você disse, só esperar que o preço abaixe e se jogar, porque vale a pena.
    Infelizmente, minha mãe odeia ler, então nada é recomendado pra ela :/ hahaha

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. adorei o projeto!
    bom, minha mae nao eh aquelas que gosta de ler sabe ehuehusuhsuhuhs entao essa categoria ficaria dificil para eu escolher algum
    tonsdeleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da sua resenha, se a minha gostasse de ler livros indicaria esse a ela. :/
    O Conversando com a lua voltou!! *o*
    Beijoss
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
  4. A verdade é: minha mãe não curte mesmo esse gênero. Eu até fiquei com vontade de ler, mas ela com certeza não leria. Thriller psicológico não é um gênero muito amado na minha família, mas gostei do fato do livro falar sobre determinação, e da mãe e da filha se tornarem pessoas mais fortes.

    Beijo.

    Ju - Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  5. Oi, Rafa. Tudo bem? Já li comentários sobre esse livro e gostei bastante, e ele é desses que ninguém da muita bola por ser bem baratinho no Submarino (pelo menos da ultima vez que eu vi era). Esse tipo de livro não funcionaria muito bem com a minha mãe, e ela nao gosta muito de ler então... :( Mas super legal a indicação. Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro, e adorei a indicação. Apesar de gostar de thriller psicológico, não tenho coragem de ir lendo qualquer um pq é mto fácil errar, entao prefiro os indicados. E essa indicação se encaixou perfeitamente ao q eu gosto! Já minha mãe... Bom, prefiro ler, e depois vejo se ela vai gostar hahaha =]

    ResponderExcluir
  7. Oi Rafa, adorei a dica. Comprei esse livro no início do ano justamente por se tratar de um thriller psicológico, já que adoro o gênero. Não sabia muito sobre a história até ler sua resenha e agora acredito que irei curtir a leitura. Bom saber que mesmo iniciando devagar, a leitura ganha um ritmo eletrizante. Geralmente isso ocorre em livros desse gênero para que inicialmente possamos nos adaptar ao contexto da história.
    Parabéns pela resenha.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Rafa, tudo bem?
    Meus olhos se arregalaram quando vi o livro escolhido e fiquei super contente em saber que sua mãe gostou. A minha mãe gosta muito de ler, mas ela lê livros evangélicos... eu gostei da premissa desse livro ainda mais sabendo que é um Thriller psicológico e que eu adorooo... ótima dica... Xero!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...