Resenha #40 - Mentirosos (E. Lockhart)

| |

Título original: We are Liars
Editora: Seguinte
Ano: 2014
Tradução: Flávia Souto Maior
Páginas: 272




Os Sinclair são uma família rica e renomada, que se recusa a admitir que está em decadência e se agarra a todo custo às tradições. Assim, todo ano o patriarca, suas três filhas e seus respectivos filhos passam as férias de verão em sua ilha particular. Cadence - neta primogênita e principal herdeira -, seus primos Johnny e Mirren e o amigo Gat são inseparáveis desde pequenos, e juntos formam um grupo chamado Mentirosos.

Durante o verão de seus quinze anos, as férias idílicas de Cadence são interrompidas quando a garota sofre um estranho acidente. Ela passa os próximos dois anos em um período conturbado, com amnésia, depressão, fortes dores de cabeça e muitos analgésicos. Toda a família a trata com extremo cuidado e se recusa a dar mais detalhes sobre o ocorrido… até que Cadence finalmente volta à ilha para juntar as lembranças do que realmente aconteceu.


Quando teve o boom de resenhas do livro, ou mesmo da prova do livro, quando ele estava prestes a ser lançado, eu só lia elogios e de como o livro é surpreendente. Eu morro de medo dessas resenhas, embora eu fique com muita vontade de ler o livro. O medo? Simples. Eu não gosto de criar altas expectativas com o livro e depois não achar tudo isso e me decepcionar. Aliás, quem não tem? Mas felizmente, não foi isso o que aconteceu com a leitura de Mentirosos

Não vou falar sobre o enredo, tudo o que você precisa saber está na sinopse (então, deixa de preguicinha e leia), qualquer coisa a mais eu posso acabar soltando spoiler e isso não é nada legal. 

Enfim, em Mentirosos conhecemos a família Sinclair que são ricos, poderosos, loiros e perfeitos #sqn. Vemos uma família que está sofrendo muitos problemas, mas não admitem isso e não querem deixar transparecer, pelo menos não para os outros. Enfim, é uma família que vive de aparências. 

"Somos Sinclair.
Ninguém é carente.
Ninguém erra.
Vivemos, pelo menos durante o verão,
em uma ilha particular.
Talvez isso seja tudo o que você
precisa saber a nosso respeito." 

Todo os anos, durantes as férias de verão, eles vão para a ilha particular deles, a Ilha Beechwood. Cadence, nossa protagonista, e seus primos Jhonny e Mirren, e o amigo Gat, são inseparáveis, pelo menos durante o verão. Eles se intitulam os mentirosos. Quando eles estavam com 15 anos, no verão dos 15, como chamam,  Cadence sofreu um acidente e não se lembra muito bem o que aconteceu. Ela sofreu de amnésia pós-traumática. Ela tem dores de cabeça terríveis, enjoos e teve que deixar de fazer várias coisas. E no ano seguinte não voltou a ilha da família Sinclair. Dois anos depois do acidente, no verão dos 17, ela volta a ilha para tentar lembrar de tudo o que ocorreu. Eu disse que não ia falar da sinopse né, não consigo evitar. Mas prometo, parei.


"Essa ilha é nossa. Aqui, de certo modo, somos jovens para sempre." (pág. 150)

Durante a leitura somos tragados para dentro da Ilha Beechwood e da família Sinclair. Vivemos naquele mundo de aparências, querendo sair e mostrar para todos que não é bem daquele jeito, que a família e as pessoas estão se desintegrando, que o ideal de uma família unida e feliz está morrendo. Lemos sobre pensamentos mesquinhos e atitudes fúteis e queremos gritar que está tudo errado. Eu quis que os mentirosos não vivessem desse jeito, torci para que eles não seguissem às tradições e disputas da família. Torci para Cadence se lembrar do que aconteceu. Torci para o Gat, moreno e de descendência indiana, não sofrer preconceito do restante da família e continuasse sempre íntegro. Enfim, foram tantas coisas que eu senti que não dá nem para falar aqui.

Mas nada, eu digo, absolutamente nada me preparou para a revelação sobre o acidente da Cady. Eu simplesmente fiquei sem acreditar no que eu li, incapaz de acreditar que a autora tivesse brincado comigo, me fazendo pensar em alguma coisa e era simplesmente algo que eu nunca iria imaginar. Eu terminei de ler o livro de madrugada e não tinha ninguém com quem conversar, quase surtei.

Os personagens são bem construídos e é impossível não torcer pela Cady. Ela é uma garota forte. Mesmo sempre tendo tudo o que quisesse e sem questionar muitas coisas, percebemos que o acidente deu uma nova visão do mundo para ela e o quanto ela quer mudar, e provar que não é a garotinha doente que requer sempre de cuidados e não precisa de pena. Também é impossível não gostar dos outros mentirosos, principalmente o Gat, que por não viver naquela vida perfeita, questiona várias atitudes dos outros. Dá para sentir a conexão entre os quatro, e mesmo mantendo contato apenas durante o verão, o quanto são unidos.

"Vou provar que sou forte, já que eles me acham doente.
Vou provar que sou corajosa, já que eles me acham fraca." (pág. 172)

Enfim, recomendo muitíssimo o livro. Várias pessoas já leram, mas quem não leu ainda, leia. A narrativa é deliciosa e um tanto poética em algumas partes. A autora usa várias comparações e metáforas em algumas partes e isso torna a leitura ainda mais envolvente. Os capítulos são curtos e bem fluidos. O livro é narrado em primeira pessoa sob o ponto de vista da Cadence e é muito bom descobrir as pistas do que aconteceu juntamente com ela. 

Quanto a diagramação, ela é simples e linda. No começo há um mapa da Ilha Beechwood (quem não gosta de livros com mapas?) e uma árvore genealógica da família Sinclair, com todas as filhas, netos e cachorros. As páginas são amareladas, e não encontrei erros de revisão. Dou meus parabéns a tradutora também, por ter feito um ótimo trabalho. A capa é linda, metalizada, mas não gosto muito porque as nossas impressões digitais acabam ficando marcada.

Enfim, espero que todos leiam esse livro que virou um dos meus favoritos e com certeza abalou meu coração.




Essa resenha atende ao:
*2015 Reading Challenge - Tema 27. Um livro que você consegue ler em um dia
*Desafio Literário Skoob 2015 - Abril: Histórias que envolvam mentiras, falsidade, enganação






27 comentários:

  1. Oiiiii Rafa <3

    Por Deus, que livro é esse??? Fiquei no chão, meu forninho caiu, fiquei sem reação depois que terminei esse livro.
    No começo achei que seria uma leitura bem mais ou menos, mas não! A autora é um gênio!
    Ainda bem que você estava lá para conversar comigo, senão ia ficar doida!
    Para quem não leu, leia!!!

    Beijos
    http://sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Rafa!

    Amo mapas, e achei o máximo a árvore genealógica incluir os cachorros! rs... Ainda não li o livro, mas estou pensando seriamente em ler ainda esse mês, mesmo com a imensa fila de parceria... também estou com a expectativa nas alturas, mas parece ser um livro genial e acho que, dessa vez, a expectativa não vai me atrapalhar. Espero que o livro abale o meu coração também!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  3. Esse livro realmente me chama muita atenção!
    Não consigo recusar uma boa dose de mistério, e essa sinopse deixa esse clima de suspense bem claro. Além disso, todas as resenhas que li foram positivas, então tenho muita curiosidade para conferir por mim mesma!

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa <3

    Ainda não li esse livro, mas quero muito! Só ouvi falar muito bem dele até agora, quero. Mas não posso comprá-lo. Ainda estou na Rehab. Estou bem curiosa, adorei a sua resenha. Fiquei ainda mais interessada nele!

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
  5. Eu tô ligada nesse "boom" de resenhas do livro logo quando ele foi lançado ahueaheua e por conta disso que criei altas expectativas (coisa que também não gosto). Ainda não o li, mas vendo mais uma pessoa recomenda-lo, preciso fazê-lo subir na lista de "vou ler".
    Gosto de livros que tratam de famílias que vivem de aparencias, não sei por quê. Quem não ama livros com mapas?? (belo ex.: A guerra dos tronos, in loveeee!!)
    Gostei da resenha! Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  6. Já mi muitos comentários positivos sobre esse livro e, a partir daí, fiquei muito interessado! Ele me agradou por ser um livro misterioso, que deixa o leitor refletir sobre determinada coisa e que no final acontece uma baita reviravolta! O melhor ainda é que o livro é bem escrito e tem os personagens bem construídos. Irei comprá-lo!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    O livro está na minha fila de leitura e não vejo a hora de lê-lo.
    Assim como você não gosto de criar expectativas sobre um livro, por receio de acabar me decepcionando com a história. Mas espero que isso não aconteça com Mentirosos, pois minha expectativa está altíssima!
    Espero que a leitura me agrade tanto quanto lhe agradou!
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oiiiêê!!!!!
    quando esse livro foi lançado me deu uma curiosidade imensa
    espero poder comprar esse livro o mais breve possível
    Bjks

    ResponderExcluir
  9. caramba! Só a resenha conseguiu me prender e eu to me roendo de curiosidade, infelizmente vou ter que espera mes que vem pra comprar o livro.

    ResponderExcluir
  10. Oi Rafaela, tudo bom?

    Nossa! Esse livro é mega famoso no mundo literário! Acho que nunca vi uma resenha negativa de ''Mentirosos'', e sua foi uma das mais especiais que li! Me fez querer correr pra comprar (Ai o forninho cai rs).

    Parabéns, adorei

    Beijocas,
    Ana - www.bookzonthetable.com.br

    ResponderExcluir
  11. Não gostei tanto assim do livro, achei o final previsível, porém gostei muito da narração da autora e a forma que ela usou para contar a história da família.

    ResponderExcluir
  12. Oi Rafa, minha linda... tudo bem??
    Sua resenha ficou show... me instigou para pular esse livro na frente de alguns aqui... desde que eu o comprei quero lê-lo, mas nunca consigo kkkkk mas diante de sua resenha que me fez recordar o motivo pelo qual eu quis comprar... não há mais como esquecer... preciso começar a leitura dele pra ontem... xero!!

    ResponderExcluir
  13. Rafa, desde que esse livro foi lançado eu fiquei bem curiosa pra ler. Ele me instigou muito e já está na lista de desejados há um tempo.
    Quero muito saber o que aconteceu com a Cadence!

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Rafaaaa,
    que resenha é essa??? Tenho que ler o livro, apesar que também não gosto de criar expectativas e depois me decepcionar, mas parece ser ótimo hahahaha
    beijos
    conchegodasletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi, Rafa.

    Li esse livro em janeiro e simplesmente amei. Está entre os melhores do ano de 2015. Outro que fica empatado com ele é Por Lugares Incríveis. A editora Seguinte escolhendo excelentes livros para publicar. Espero que ela continue fazendo boas escolhas. Eu também não acreditei quando fiquei sabendo qual tinha sido o acidente da Cady e chorei muito. kkk' Não tive ninguém para comentar também. =/

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?

    Mesmo esse livro sendo o queridinho de muitos e ter entrado em várias listas de melhores do ano de 2014, eu morro de preguiça de começar a leitura justamente pelo âmbito familiar contido ali. Morro de preguiça desses livros com famílias riquíssimas que levam um estilo de vida de luxo e só se preocupam com o próprio umbigo. Entendi? Contudo, sei que a Lockheart escreve super bem, pois já li uma outra obra dela e achei simplesmente genial. Gostei da capa do livro, vamos ver se animo de ler esse ano ainda, apesar dos apesares HAHAHA

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi Rafa!
    Você me deixou muuuuuuuito curiosa agora, quero saber o que aconteceu nesse acidente!
    Adoro histórias de suspense e mistério e essa me chamou a atenção! Adorei o post!

    Beijos,
    Fernanda
    www.oprazerdaliteratura.com.br

    ResponderExcluir
  18. Esse livro é perfeito! Não tem como não gostar, cara! Eu terminei dizendo que odiei, mas fiquei por hoooooras pensando nele, juntando as peças do quebra-cabeça, só depois percebi como o livro era genial. As metáforas, os personagens, a maneira como a autora ordenou a história... tudo é digno de aplausos.
    Também comentei sobre o mapa. ♥ E eu curto a capa, inclusive as minhas digitais nela, algo meio possessivo. kkkkkkkkk
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  19. Confesso que fiquei muito curiosa para saber o que aconteceu com a Cadence, mas arvore genealogica que inclui os cachorros? Acho um pouco demais. Contudo cadqa um é cada um não é mesmo?! Pelo menos isso não diminuiu meu interesse pela história, porque me parece ser muito legal e com tudo que você disse/escreveu não duvido nadinha.

    ResponderExcluir
  20. Eu ameeeeeei esse livro <3 gostei tanto quanto você e quero ler mais obras da autora! O final é surpreendente e a narrativa flui mesmo. Aliás, eu adorei a narrativa poetica e metafórica! Um dos melhores livros que já li

    Beijos
    Letícia Lançanova

    ResponderExcluir
  21. Oi, Rafa!

    Eu sofro do mesmo mal que você; fico com receio de ler um livro tão comentado e acabar ficando decepcionado depois. Pior de tudo que já aconteceu, muitas vezes. Mentirosos é só elogios e sua resenha não foi diferente. Preciso desse livro para ontem.
    Abraços

    www.estantejovem.com.br

    ResponderExcluir
  22. Estou LOOOOOUCAAAA para ler esse livro!!!!
    A Cadence e seus mistérios, huuuuuuum, acho que o final deve ser angustiante e bem diferente do que imaginamos ao ler!!
    Mais um adicionado a minha big wishlist!!
    bjos

    ResponderExcluir
  23. Esse é um livro que esta sendo muito falado nos blogs que eu visito, e eu to começando a querê-lo também hahaha o que falta é grana ora comprar kkkkk

    ResponderExcluir
  24. Caraca, eu sou doido para ler esse livro! Sério, desde a resenha. Eu amo isso de "dramas familiares", e mesmo quase todo mundo que leu - o que parece não ter acontecido com você - tendo dito que as 100 primeiras páginas eram chataas, eu sou doido para saber o que houve no acidente da Candy *-* E espero ficar tão surpreso quanto você :3

    Bjs! Adorei a resenha ^^

    Jhonatan | Leitura Silenciosa
    PARTICIPE DO NOSSO TOP COMENTARISTA E CONCORRA A DOIS LIVROS INCRÍVEIS!

    ResponderExcluir
  25. Depois dessa resenha você me deixou super curiosa né,agora já estou imaginando mil coisas que podem ter acontecido com a Cady e nem comecei ler o livro ainda.Sério sua empolgação me contagiou.E não há quem não goste de livros com mapas e árvore genealógica duas vezes melhor.
    beijos

    ResponderExcluir
  26. Li livro faz umas 3 semanas e o ate agora de queixo caido, porque simplesmente amei...

    ResponderExcluir
  27. Oi, Rafa!
    Eu li váááárias resenhas que saíram após o lançamento do livro e fiquei em dúvida se iria gostar ou não. Vi algumas resenhas dizendo que algumas coisas não tinham sido bem trabalhas na história e vi outras dizendo que o livro era muito bom. No final das contas, resolvi colocar na minha lista e acabei ganhando o livro em um Top Comentarista de Fevereiro - só não tive tempo de ler ainda. Vou aproveitar minhas férias, que começam na próxima semana, para ler, uhuuu.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...