[Especial] Livros do Stephen King que gostaria de ler

| |


Oi gente, tudo bem?

Hoje tem post especial. Para quem não sabe hoje é aniversário do maior autor de livros de terror. Vocês sabem de quem estou falando?? Isso mesmo, Stephen King. Vou contar um pouquinho sobre ele e fazer um TOP 5 dos livros dele que eu gostaria de ler.

Na verdade, ainda não li nenhum, e até pensei em trazer uma resenha de um dos que eu tenho dele hoje, mas acho que os livros do autor devem ser lidos com calma, para poder absorver tudo. 

*

Stephen Edwin King (Portland, 21 de setembro de 1947) é um escritor americano, reconhecido como um dos mais notáveis escritores de contos em horror fantástico e ficção de sua geração. Os seus livros venderam mais de 350 milhões de cópias, com publicação em mais de 40 países. Muitas de suas obras foram adaptadas para o cinema. É o nono autor mais traduzido do mundo.

Estima-se que o autor tenha escrito 43 livros de ficção, mais os 7 livros da série A Torre Negra, 5 livros de não ficção, 10 antologias. Sob o pseudônimo de Richard Bachman ele possui 8 livros. Suas adaptações para filmes e séries são inúmeras e até hoje são feitos remake. (Fonte: Wikipedia)


Vamos então agora a minha lista de livros que eu desejo ler, não vou colocar aqui os três livros do autor que eu já tenho e pretendo ler, pelo menos dois deles, ainda esse ano. Eles são Misery, O Iluminado e Sob a Redoma.


1. Joyland 


Um pequeno conselho: não se aventure na roda-gigante em uma noite chuvosa.

Carolina do Norte, 1973. O universitário Devin Jones começa um trabalho temporário no parque Joyland, esperando esquecer a namorada que partiu seu coração. Mas é outra garota que acaba mudando seu mundo para sempre: a vítima de um serial killer.

Linda Grey foi morta no parque há anos, e diz a lenda que seu espírito ainda assombra o trem fantasma. Não demora para que Devin embarque em sua própria investigação, tentando juntar as pontas soltas do caso. O assassino ainda está à solta, mas o espírito de Linda precisa ser libertado — e para isso Dev conta com a ajuda de Mike, um menino com um dom especial e uma doença séria. 

O destino de uma criança e a realidade sombria da vida vêm à tona neste eletrizante mistério sobre amar e perder, sobre crescer e envelhecer — e sobre aqueles que sequer tiveram a chance de passar por essas experiências porque a morte lhes chegou cedo demais.




Em "Tripulação de Esqueletos", Stephen King nos guia por histórias em que o horror revela suas várias faces e nos recomenda, com suas próprias palavras: "Agarre meu braço agora. Agarre com força. Iremos a vários lugares escuros, mas acho que conheço o caminho. É só não largar meu braço”. Nesta aterrorizante coletânea de contos, Stephen King nos mostra mais uma vez por que é um dos mais aclamados escritores da atualidade. Um contador de histórias por excelência, aqui ele revela o amplo leque de suas habilidades, transitando com desenvoltura pelo pavor causado por criaturas abomináveis e por um terror psicológico de gelar o sangue. Em “O nevoeiro”, seu conto mais longo, uma misteriosa e espessa neblina se aproxima de uma cidadezinha do Maine, trazendo perigos que desafiam a razão humana. Pai e filho precisam enfrentar seus mais sombrios medos na esperança de que esse tormento tenha fim. No entanto, na insana luta por sobrevivência, os personagens perceberão que ficar na rua em meio às estranhas criaturas pode ser tão perigoso quanto ficar em um cômodo fechado com pessoas desconhecidas. Na prosa de Stephen King, os protagonistas se veem forçados a lidar com situações fantásticas em que o que está em jogo é a sanidade diante do inimaginável. Onde termina o pesadelo e começa a realidade? Até que ponto a mente humana pode suportar o terror? Embarque nesta jornada com Stephen King e descubra.


3. Escuridão Total Sem Estrelas


1922 (1922, 2010): Wilfred James e Arlette James são donos de 100 acres em Hemingford Home. Enquanto sua irritante esposa quer vender sua parte para uma companhia, Wilfred quer manter suas terras. A cada dia que passa, Wilfred percebe que só há uma solução para o problema. Envenenando a mente de seu filho, Henry, os dois acabam por assassinar Arlette. A história é uma narração/confissão de Wilfred sobre como ocorreu o assassinato, e a série de terríveis eventos que foi desencadeada por causa do crime.

Gigante do Volante (Big Driver, 2010): Tess, uma escritora de suspense leve, vem suplementando sua renda por anos, servindo como oradora em alguns eventos. Em um compromisso de última hora, Tess vai fazer uma palestra na cidade de Chicopee. No caminho de volta para casa, ao pegar um atalho, um evento horrível mudará sua vida para sempre; após isso, Tess descobrirá um lado negro em si mesma que nunca imaginou possuir, e não descansará enquanto não obtiver a coisa que mais deseja: vingança.

Extensão Justa (Fair Extension, 2010): Dave Streeter está sofrendo com câncer e para aliviar a angústia resolve passear. Durante o passeio, ele conhece um homem misterioso que lhe oferece um “prolongamento de vida” de duas décadas. Porém, como é regra universal do mundo dos negócios, tudo tem um preço. Irá Streeter ceder à sedutora ideia de viver mais, em troca de prejudicar seriamente uma pessoa realmente próxima a ele?

Um Bom Casamento (A Good Marriage, 2010): Darcy Anderson, casada há 27 anos, aprende mais sobre o seu marido do que gostaria quando literalmente tropeça em uma caixa misteriosa sob uma mesa na garagem. Isto é apenas a ponta do iceberg, pois as descobertas que ela fará poderão colocar não só seu casamento e família em xeque, como também sua própria vida.

Under the Weather (Under the Weather, 2011): Ellen Franklin, esposa de Brad, está se recuperando de uma indisposição, por isso ele resolve deixá-la dormir até mais tarde enquanto sai para trabalhar. Brad fica preocupado apenas com o fato de que algumas pessoas possam querer xeretar um estranho mau cheiro que surgiu em seu apartamento, e acabem acordando sua esposa.


4. Celular


Onde você estava no dia 1º de outubro? O protagonista desta história, Clay Riddell, estava em Boston, quando o inferno surgiu diante de seus olhos. Bastou um toque de celular para que tudo se transformasse em carnificina. Stephen King – que já nos assustou com gatos, cachorros, palhaços, vampiros, lobisomens, alienígenas e fantasmas, entre outros personagens malévolos – elegeu os zumbis como responsáveis pelo caos desta vez.

Depois de anos de tentativas frustradas, o artista gráfico Clay Riddell finalmente consegue vender um de seus livros de histórias em quadrinhos. Para comemorar, decide tomar um sorvete. Mas, antes de poder saboreá-lo, as pessoas ao seu redor, que por acaso falavam ao celular naquele momento, enlouquecem.

Fora de si, começam a atacar e matar quem passa pela frente. Carros e caminhões colidem e avançam pelas calçadas em alta velocidade, destruindo tudo. Aviões batem nos prédios. Ouvem-se tiros e explosões vindos de todas as partes. 

Neste cenário de horror, Clay usa seu pesado portfolio para defender um homem prestes a ser abatido, Tom McCourt, e eles se tornam amigos. Juntos, eles resgatam Alice Maxwell, uma menina de 15 anos que sobreviveu a um ataque da própria mãe.

Os três sortudos — entre outros poucos que estavam sem celular naquele dia — tentam se proteger ao mesmo tempo em que buscam desesperadamente o filho de Clay. Assim, em ritmo alucinante, se desenrola esta história. O desafio é sobreviver num mundo virado às avessas. Será possível?


5. It: A Coisa


Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em 'It - A Coisa', clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.


Então, o que acharam da minha seleção? Já leram algo do autor? E qual livro vocês acham melhor para começar? Alguém tem vontade de ler algum desses, ou que outros vocês gostam? Me digam nos comentários.



18 comentários:

  1. Oiee!!!
    Niver do Incrível King literalmente!!
    Apesar de todas as criticas positivas ao autor eu nunca li nada dele, mas morro de vontade!!! *-*
    Cemitério, Cristhine e O Iluminado são os que eu tenho mais curiosidade!!
    Mas para falar a verdade acho que vou gostar de qualquer um dele!! *-*
    Parabéns King <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Não sabia que hoje era aniversário dele, mas parabéns ao grande autor que é! Não li nada dele ainda, mas morro de vontade. Apenas falta tempo mesmo.
    Dos que quero ler dele, alguns estão no seu pequeno top e eles são Joyland e It: A Coisa, mas me interessei por Tripulação de Esqueletos também. Outros que quero ler são O Iluminado e Doutor Sono.
    Adorei o post.
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Também não li nenhum livro de Stephen King, mas o que não falta é vontade. Sou muito medrosa com tudo que envolve o terror, mas minha curiosidade é maior do que isso e tenho uma vontade enorme de conhecer a escrita desse autor.
    Acredito que qualquer livro escolhido é uma ótima pedida, Rafa. Até hoje nenhuma das obras tem decepcionado. Só ouvi comentários de que Joyland é uma história mais leve comparada aos demais.
    Como hoje é o aniversário desse autor incomparável, teve sorteios de suas obras na editora Suma das Letras, mas a azarada aqui não passou nem perto de conseguir ganhar kkk :'(
    Abçs Rafa!!

    ResponderExcluir
  4. Rafa!
    Bem fã do autor.
    Já li alguns livros dele e estou com Joyland aqui para leitura.
    Meu favorito é O Iluminado, mas muitos não gostam.
    Quero demais ler IT...
    E não recomendaria começar por Misery.
    “Creio no riso e nas lágrimas como antídotos contra o ódio e o terror.”(Charles Chaplin)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  5. OiiI!

    Que leeegal! Não sabia que era o aniversário dele, na verdade verdade eu sou bem desligada em relação algumas coisas hUSHAUSHUA.
    Não li nada do autor e nem faria tão cedo, sou beeem medrosa e os enredos acabam não me interessando, mas espero que você consiga matar sua curiosidade em breve!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Já li muitas resenhas positivas sobre os livros do Stephen King, sei que é um autor muito querido e lido.
    Mas nunca li seus livros, pois não tive interesse e não gosto do gênero terror.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Rafa! Adorei a sua lista. A maioria dos livros citados não são dos que fazem parte da "modinha" os mais conhecidos e tal. Eu quero ler It (vou tentar ler em Outubro) e sempre fiquei de olho em Celular. Dos outros, par ser sincera, nunca dei muita atenção.
    Recentemente li Misery e adorei... Fiz uma resenha no blog contando sobre minhas impressões. É um livro bem dificil de lidar mas ótimo. Sempre morri de vontade de ler O Iluminado, pois ador as duas adaptações e quando tinha uns doze anos até tentei ler mas como nao tinha muita experiencia com leituras acabei abandonando e nunca mais retornei. Acho que ta mais que na hora.

    Beijos
    SIL | Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
  8. Oi Rafa, tudo bem?
    Eu também ainda não li nada do King, mas sempre tive vontade.
    Dos livros que você colocou na lista eu quero ler “Joyland”, li algumas resenhas positivas. “Sob a redoma” eu quero ler porque acompanhei a série, então quero saber a diferença quanto a história.
    Muito legal o post especial.

    Beijos
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  9. Ola Rafa parabéns pela postagem, confesso que ainda não li nada do autor acredita ? Estou bem curiosa com Joyland li algumas resenhas que me deixaram bem curiosa com o livro. A coisa também é um livro que quero ler mesmo com medo rsss. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bom? Pois é, eu acho Stephen King o máximo no gênero terror, mas nunca li nada, porque sou medrosa! Eu assisti a adaptação do livro O Iluminado, e foi o suficiente para não querer o livro.Não se baseie por mim, conheço pessoas que não acharam O Iluminado tenebroso. A capa do It A Coisa é aterrorizante, tenho medo de palhaços...sim podem rir, mas tenho e essa capa me assustou muito! Parabéns pela seleção, é ótima!

    Beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi minha linda, tudo bem??
    Há... também não li nada do autor, só assisti os filmes mesmo... mas sempre tive vontade de ler O iluminado e agora Escuridão total de estrelas... mesmo que eu não goste de livros de contos, esse eu não quero deixar passar ainda mais com essa diagramação linda de morrer kkkkk. Adorei a postagem... muito legal para que a gente possa ter ideia dos demais livros dele, mesmo que seja apenas um top 5. Xero!!
    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Rafa, eu vou te contar que eu sou SUPER cagonaaa, morro de vontade de ler Stephen, porque todo mundo diz que ele é um mestre, porém, é super difícil para mim que sou medrosa! Talvez, eu começaria por Joyland, acho que todos é o que eu teria mais coragem / menos medo de ler haahhaa

    ResponderExcluir
  13. Oi Rafinha, sua linda, tudo bem
    Acho que todo mundo já sabe, mas não gosto do estilo de narrativa desse autor, definitivamente, não sou o público alvo dele. Mas, recentemente, li uma resenha do livro Joyland, em que o blogueiro explicou que é um livro atípico dele, que justamente a narrativa é diferente daquilo que não me atrai. Então, esse eu posso até dar uma chance, risos... Gostei muito da postagem.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/



    ResponderExcluir
  14. Oi Rafa!! Na verdade morro de medo do Stephen King, dificilmente um dia lerei algum livro dele. O cara não deve ser conhecido como mestre do terror à toa, rs, e prefiro não comprovar que ele merece o título... hehe...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  15. Oi Rafa,

    Sua seleção está show, até enviei o link para um amigo que adora o autor e suas obras. Quanto a mim, não curto terror, sou medrosa assumida. Hahaha

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Rafa,
    Muito obrigada, mas passo a leitura desses livros O.o, sou muito medrosa e pra começo de conversa essas capas me deixam aterrorizada \o/
    Talvez eu leia "Joyland", já que alguns blogueiros falaram que não é marcante o lado macabro do autor. Boas leituras.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  17. Olá, tudo bem?

    Apesar de gostar muito desse estilo terror macabro empregado pelo autor, eu particularmente não gosto da escrita do King. Comecei a ler Sob a Redoma e O Apanhador de Sonhos e abandonei ambos os livros, pois achei o estilo do autor muito prolixo e enrolado. Tudo bem que ele cria cenários e personagens como nenhum outro autor consegue, mas a maneira como ele narra é muito lenta e esse tipo de narrativa me dá nervoso, pois gosto de algo mais dinâmico. Vou passar essas dicas, mas desejo a você ótimas leituras quando for conferir esses títulos.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Rafa, vi muitos posts falando do aniversário foi autor, mas ele não eh para mim hahhahaha
    Quero ler Joeland, porque falaram que eh tranquilo, mas só!

    Beijos, Andressa

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...