Culturação #4 - Homem com H maiúsculo

| |


Oi gente, tudo bem?

Quem disse que os homens não tem seu próprio dia? Pois é, ele é existe, e é comemorado hoje. Ele é uma iniciativa do da Ordem Nacional dos Escritores, e acontece desde 1992. 

Para esse dia, o Culturação criou dois temas e o escolhido por mim foi a alternativa literária, que consiste em escolher 5 autores, nacionais ou não, e falar um pouquinho sobre eles e suas obras.

Minha escolha foi baseada nos autores que eu gosto e admiro o trabalho, e adivinhem quem é o primeiro dessa lista!?

As informações desses posts foram retiradas de diversas fontes, Skoob, Wikipedia, páginas dos autores e orelhas de livros.


1. David Levithan


Quem disse David Levithan acertou! Como eu já cansei de dizer, eu sou apaixonada por esse homem... rsrs. Mas vamos conhecer um pouquinho sobre ele.

David Levithan nasceu em 07 de setembro de 1972 em New Jarsey, é um editor de ficção jovem americano adulto e autor premiado. Ele teve seu primeiro livro, Boy Meets Boy (Garoto Encontra Garoto) publicado em 2003. Ele já escreveu inúmeras obras com personagens gays do sexo masculino. Aos 19 anos, Levithan recebeu um estágio na Scholastic Corporation. Ele também é o editor-fundador do PUSH, uma marca jovem-adulto da Scholastic Press enfocando novas vozes e novos autores. 

Além de escrever sozinho Todo Dia, Garoto Encontra Garoto e Dois Garotos se Beijando, ele tem várias obras que escreveu em coautoria como Will & Will"(com John Green), Nick & Norah e Naomi & Elly e a Lista do Não Beijo (Rachel Cohn) e Invísivel (Andrea Cremer) esses já publicados aqui no Brasil, pela Galera Record. Ele também possui um conto em O Presente do Meu Grande Amor organizado pela Stephanie Perkins e publicado pela Intrínseca.

Vale dar a pena dar uma olhada nessa página dos livros dele no Skoob (aqui) pois há alguns outros que ainda não foram lançados aqui no Brasil. Espero que a Galera Record continue apostando nos livros dele e trazendo para nós.

Como já cansei de dizer, ele é um dos meus autores favoritos e todos os livros dele eu amo (com exceção de Nick & Norah). Seus personagens são reais e nos identificamos com eles. Ele sempre aborda o tema da homossexualidade, mas seus livros não são repetitivos. Meu preferido com certeza é Dois Garotos se Beijando (resenha aqui).


2. John Green 


John Green nasceu em Orlando, Flórida em 24 de agosto de 1977, é um dos escritores norte-americanos mais queridos pelo público jovem e igualmente festejado pela crítica. Autor best-seller do New York Times, premiado com a Printz Medal e o Printz Honor da American Library Association e com o Edgar Award, foi duas vezes finalista do prêmio literário do LA Times. Com o irmão, Hank, mantém o canal no Youtube "Vlogbrothers", um dos projetos de vídeo online mais populares do mundo. Mora com a mulher e o filho em Indianópolis, Indiana. 

Ele é o autor de A Culpa é das Estrelas (jura?) que é seu livro mais famoso, mas também escreveu Quem é Você Alasca que foi seu primeiro romance e foi lançado nos EUA em 2005, Teorema Katherine e Cidades de Papel, que teve sua estreia no cinema agora em julho. Além disso, escreveu em coautoria com David Levithan o livro Will & Will e possui um conto de natal no livro Deixe a Neve Cair

Além disso, ele escreveu o prólogo do livro A Estrela Que Nunca Vai Se Apagar (resenha aqui) que, para quem não sabe, foi a inspiração do autor para escrever a Hazel de A Culpa é das Estrelas, esse prologo dele, além de algumas outras partes do autor nesse livro, foram os responsáveis por eu admirá-lo ainda mais como pessoa e autor.

Sem dúvida nenhuma ele é super simpático, bastante ver as postagens dele nas redes sociais e o vlog que ele faz com o irmão é muito legal (embora muitas vezes eu não entenda nada, pois além de ser em inglês, ele fala muito rápido).

O primeiro livro dele que li foi ACEDE (preguiça de escrever o nome todo, relevem) e gostei bastante, e recentemente li Cidades de Papel, que mesmo não achando o livro tão bom, sem dúvida nenhuma o autor escreve muito bem e constrói personagens ótimos.

Não deixe de conferir a minha resenha de Cidades de Papel (aqui)


3. Maurício Gomyde 


Maurício Gomyde nasceu em São Paulo em 26 de junho de 1978 e atualmente mora em Brasília. Possui cinco livros publicados O Mundo de Vidro, Ainda Não Te Disse Nada, O Rosto Que Precede o Sonho, Dias Melhores Para Sempre, esses de forma independente e A Máquina de Contar Histórias que saiu pela Novo Conceito (selo Novas Páginas) no ano passado.

Seu próximo livro sairá pela editora Intrínseca e ainda não tem título nem sinopse divulgados. 

Para quem não sabe, além de ser escritor ele também é músico (compositor e baterista).

Do autor eu só li A Máquina de Contar Histórias, mas foi o suficiente para eu me apaixonar pela sua escrita, que é envolvente e fluida. Espero poder ler todos os seus livros, os lançados de forma independente e os futuros. Tive a oportunidade de conhecê-lo no lançamento do livro aqui no Rio e além de ser um ótimo autor, ele é uma pessoa muito simpática e humilde.

Não deixe de dar uma conferida no site dele (aqui) e conferir a resenha de A Máquina de Contar Histórias (aqui).


4. Felipe Colbert



Felipe Colbert nasceu no Rio de Janeiro em 01 de agosto de 1972. Além de escritor, é palestrante e cooch literário. Possui trabalhos no Brasil e na Europa. Iniciou a carreira escrevendo thrillers vencedores de prêmios. Já idealizou projetos literários que beneficiaram diversos autores com a aplicação de técnicas internacionais de estruturação de romances. Atualmente mora na cidade de São Paulo.

Seu primeiro livro foi publicado em 2008 (Entrevista Ininterrupta), ele também escreveu Ponto Cego, A Última Nota em parceria com a autora Lu Piras (resenha aqui) e Belleville (resenha aqui). Além disso, possui um conto no e-book Contos de Carnaval.

Do autor eu já li A Última Nota e Belleville e são dois livros que eu gosto muito. O autor tem uma escrita leve e bem fluida, e seus personagens são bem construídos e complexos.


5. Luiz Henrique Mazzaron


Por último, mas não menos importante temos o parceiro mais lindo e que fez o vídeo mais lindo desse mundo para a gente  Luiz Henrique Mazzaron nasceu em 8 de dezembro de 1994 em São Bernardo do Campo, mas viveu toda sua vida em Santo André, São Paulo. Durante o Ensino Fundamental, passou por uma época difícil e encontrou refúgio nos livros policiais e de suspense. Adorador da literatura estrangeira, usou-a como base para suas obras da série Máscara.

Não se engane com esse rostinho fofo, a mente desse autor é bem maléfica, assim como seu livro de estreia Máscara (resenha aqui), mas isso não é algo ruim, o livro é genial, com personagens complexos e bem trabalhados e muita, muita ação, e zumbis. Seu segundo livro vai sair pela Editora Arwen e se chamará O Sol Perdido que será uma fantasia medieval, totalmente diferente de Máscara, mas acredito que igualmente bom. Além disso, o autor está trabalhando em outros projetos, além da continuação de Máscara. (Repeti muito Máscara nesse parágrafo)

Em abril o Vamos Falar de Livros? e outros blogs lançamos a campanha #DarkSide Publica o Luiz, idealizada pela Bianca do blog A Culpa é dos Leitores e através dela a editora abriu espaço para autores nacionais de terror mandarem seus originais. Vamos esperar o resultado e ver se o Luiz vai conseguir. 

Não deixe de conferir as fanpages de Máscara: A Vida Não é Um Jogo e O Sol Perdido - Trilogia as Lendas de Illusa e conhecer um pouco mais do trabalho do autor. 

E Luiz, você ainda está devendo meu abraço e depois disso eu vou te jogar em formol e tirar um pedacinho seu e colocar num potinho para ficar na minha estante :D. 




Então é isso gente, esses foram os autores que escolhi, que admiro o trabalho, para falar um pouquinho para vocês. Espero que tenham gostado, pois gostei bastante de fazer o post. Me fez perceber também, que li poucos livros de autores homens, preciso mudar isso.

Feliz Dia dos Homens a todos os autores homenageados no post, os leitores aqui do blog e todos os homens bons e trabalhadores. 

Esse post faz parte do projeto Culturação. Para saber mais sobre o projeto e como participar, veja o post de apresentação do projeto aqui.










20 comentários:

  1. Outro dia que não sabia que existia o.o Mas adorei o post.
    Da sua lista conheço três, David Levithan, John Green (mas fala sério, quem não conhece o cara atualmente?) e o Luiz, que apesar de ainda não ter lido Máscara, já tenho ótimas expectativas. Quanto aos outros dois, não os conheço, mas pesquisarei sobre seus livros e caso me interesse, certamente irei dar uma chance ^^
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Adorei o post e o projeto!
    Parabéns

    http://www.oraculodeelfos.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Só descobri hoje a tarde que hoje é dia dos homens hahaha
    Desses autores, o David Levithan é um que eu admiro bastante. Outro que eu admiro muito é o Michael Grant. Percebi que também não leio muitos livros com autores homens :P
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Rafa adorei a postagem confesso que preciso ler o livro Máscaras sua resenha me deixou muito curiosa. Com relação aos livros do John sempre fico com um pé atrás muitos são parados demais. Feliz Dia dos Homens. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Oiii!

    O dia do homem nunca é muito lembrado né? Adoorei essa ideia do projeto. Conheço todos os autores maaas só li o Green e o Luiz :( Tenho livros dos demais mas não tive a oportunidade de ler.
    O Luiz é o que mais tenho contato e é um querido!
    Merece todo sucesso do mundo.


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Rafa!
    Ahh João Verde e Levithan <3 ADORO OS ROMANCE DOS DOIS. Principalmente do Levithan <3 Sem duvidas são livros incriveis.
    O Mauricio eu conheço so por nome. Nunca li nada dele não, mas dizem ser otimo. E outros dois não conhecia, mas claro, curiosidade agora.
    Feliz dia do Homem pra mim <3

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  7. Adorei a iniciativa do projeto, e já sabia sim da existência do dia do homem! Acho que tu foi muito feliz nas tuas escolhas, apesar de ainda não ter lido nenhum livro do Gomyde ou do Henrique já ouvi muitas críticas positivas às escritas dos autores. Levithan é meu amor literário desde sempre, admiro demais tudo que ele consegue nos passar em seus livros e a forma como ele aborda temas pesados fazendo-os tornarem-se leves e puros.

    ResponderExcluir
  8. Rafaela!
    Escolheu muito bem os autores para comemorar o dia dos homens.
    Adoro O Mauricio e o Felipe, quer dizer, as obras deles, Quanto ao Luiz Henrique, nunca li nada dele ainda...
    Gosto também do Leviathan e do John Green.
    Parabéns a todos os homens na figura desses ótimos escritores.
    “O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você.”(Mario Quintana)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  9. Rafa, dos citados conheço e adoro o trabalho do John Green e do Mauricio Gomyde! Ambos autores incríveis, desejo demais conhecer o trabalho do David e do Felipe, estão na minha listinha de preciso ler!

    ResponderExcluir
  10. Oi Rafa, tudo bem??
    Gostei muito de sua postagem... ficou ótima... Eu gosto muito do David, apesar de ter lido somente um livro dele que foi Todo Dia... que amo de paixão... ele tem uma escrita mesmo viciante... O Mauricio é super simpático e sábio, isso é refletido em seus livros... também só li A Máquina de Contar Histórias... O Felipe, também é simpático, mas ele é mais sério e super inteligente, tive o prazer de participar de uma palestra em que ele foi um dos palestrantes e te digo que é enriquecedor... li somente Belleville e adoro o livro.... Falar do Lú é complicado porque tenho uma verdadeira paixão por esse autor... ele é maravilhoso.... ele é atencioso... e realmente não devemos nos enganar com esse rostinho de anjo ai.... eu torço muito por ele e mesmo que o livro dele que vai ser lançado pela nova editora não seja muito a minha praia, eu faço questão de ler... porque a escrita dele é extremamente viciante... Xero!!

    ResponderExcluir
  11. Oiiiiiiiii, tudo bom?
    Aahh os homens também devem ter seu dia né, hehehehe, gostei muito do post, já li livros do John Green e do Mauricio e amei os livros de ambos hehehe, tenho um livro do David, mas ainda não o preguei para ler, mas irei ler em breve, e eu ainda não conhecia o Felipe e nem o Luiz, mas irie procurar conhecer os livros deles.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  12. Adorei a postagem! Também sou fã do David e quero conhecer os livros do Maurício. Na minha lista eu colocaria: 1- Nicholas Sparks, 2- Rick Riordan, 3- David Nicholls, 4- Bernard Cornwell, 5- Harlan Coben.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Destes que voce colocou eu sou apaixonada pelo John green, seguido por nicholas sparks, rick riordan e sidney sheldon! sao os 4 divos masculinos que narram minhas noites e que sempre me deixam mega empolgada kkkk
    ainda nao li Belleville, mas ja li tantas criticas positivas, que nao vejo a hora de ler tbm *o*

    ResponderExcluir
  14. Adorei o post e fica dificil escolher apenas alguns no meio de tantos autores maravilhosos, mas eu teria colocado o Rick Riodan pois sou muito fã dele
    http://viajandopelapaginas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Só conhecia 2 desses autores e é bem legal saber mais deles...mas, na minha opinião, tem autor melhor...como a Brenda falou aí tem o Rick e vixe...eu colocaria muitos outros no lugar desses. rs

    ResponderExcluir
  16. Ameeeei o post, parabéns pela ideia!!
    Eu amoooo os 3 primeiros, já li vários livros deles e sou superfÃ!!!!
    O Felipe e o Luiz Henrique ainda não li nenhum, mas to louca para ler dos dois!! Que são muito conhecidos e as críticas são ótimas deles na blogosfera.
    bjs
    elvisgatao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Tirar um pedacinho pra colocar na estante,melhor o escritor se esconder quando ver Voce Kkk.Adorei essa lista,eu também amo o David,ele escreve de uma forma sem igual.Os demais também foram ótimas escolhas,só o felipe que eu não conhecia.

    ResponderExcluir
  18. Oi!
    Também não sabia que esse dia existia !
    Gostei muito dos escritores que você escolheu conheço quase todos menos o Maurício mas se tem um livro que tenho que ler urgentemente e algo do David Levithan meus amigos são fãs dele só que ainda não li nada dele !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana, tudo bem? Fica ligada que esse mês vai ter Top Comentarista com os dois livros do David Levithan, um deles pode ser seu =)

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...