Resenha #20 - Belleville (Felipe Colbert)

| |



"Se pudesse, Lucius aterrissaria em 1964 para ajudar Anabelle a realizar o grande sonho do seu falecido pai! De quebra, ajudaria a moça a enfrentar alguns problemas muito difíceis, entre eles resistir à violência do seu tio Lino. Claro que conhecer de perto os lindos olhos verdes que ele viu no retrato não seria nenhum sacrifício... Sem conseguir explicar o que está acontecendo, Lucius inicia uma intensa troca de correspondência com a antiga moradora da casa para onde se mudou. Uma relação que começa com desconfiança, passa pelo carinho e evolui para uma irresistível paixão – e para um pedido de socorro..."


AUTOR: Felipe Colbert                EDIÇÃO: 2014
EDITORA: Novas Páginas
PÁGINAS: 304





                    
O livro Belleville do autor Felipe Colbert nos conta a história de Lucius e Anabelle. Eles vivem na mesma casa em Campos do Jordão, mas com uma diferença de 50 anos. Confuso? Pode deixar que eu irei explicar melhor.

Anabelle vive em 1964, ela acabou de perder seu pai, que morreu devido à tuberculose. Ela vive sozinha apenas com seu gato Tião. Lucius vive em 2014 e está na cidade para cursar a faculdade de matemática.

No dia de sua chegada, olhando a casa, Lucius descobre uma foto. Nela, uma menina extremamente encantadora e com os olhos grandes e brilhantes (ele tem certeza que são verdes) está enterrando alguma coisa. Curioso, ele descobre onde ela enterrou essa caixa e ao abrir a mesma encontra uma carta.

                Nessa carta, Anabelle faz um pedido ao próximo morador. Ela pede para que ele termine o sonho do seu falecido pai. Ele começara a construir uma montanha-russa no terreno de sua casa, e lhe dera o nome de Belleville em homenagem a uma das mais famosas e sofisticadas montanhas-russas construída no século XIX.

 Lucius, emocionado com a carta e sentido por não poder ele mesmo atender a esse pedido - afinal, ele não tem tanto dinheiro, todo o dinheiro que tem em sua poupança é para cobrir os próximos cinco anos de faculdade - escreve outra carta, endereçada a um futuro morador, também pedindo para que ele consiga realizar o sonho do pai de Anabelle.

Entretanto, um dia Lucius desenterra a caixa, e vê que sua carta não está mais lá. Pelo contrário, há outra carta em resposta a sua. E escrita por Anabelle. Mas como assim? Só poderiam estar lhe pregando uma peça.

Assim o livro vai se desenvolvendo, narrado em primeira pessoa em capítulos alternados entre Lucius e Anabelle e pelas suas cartas. No início, nenhum dos dois acredita no que está acontecendo (o que é compreensível), mas à medida que começam a se comunicar mais eles passam a acreditar nessa viagem no tempo e um sentimento muito bonito entre eles vai nascendo.

É interessante acompanhar a mudança dos sentimentos dos personagens e refletindo isso, a mudança nas cartas, elas vão ficando mais suaves, com mais ternura, mas também com um sentimento de tristeza, por saberem que eles não podem se ver, se tocar, viver numa mesma dimensão espaço/tempo.

Por um lado acompanhamos Anabelle e sua vida, que está ficando cada vez mais difícil, sem dinheiro nem para comer. Até o momento que um tio chega a sua casa, alegando que irá tomar conta dela, e é aí que tudo se intensifica. Do outro lado, acompanhamos Lucius e sua decisão sobre se vai construir ou não Belleville, as decisões que ele precisa tomar e os sonhos que ele precisa abrir mão por causa do sonho dos outros.

Anabelle é uma personagem extremamente forte, ela teve que suportar bastante coisa, e mesmo assim não abaixou a cabeça. Lucius é um personagem bastante racional, para ele tudo são número e fórmulas e não vê muito espaço para sentimentos. Ambos são muito solitários, Anabelle por viver sozinha em casa enorme e por quase não sair, e Lucius pela dificuldade em fazer amigos.

Belleville não é apenas uma história de um amor puro e sem pretensões, é também uma história de perda, superação e também de amizade. É uma história sobre sonhos, e sobre a luta para torna-los realidades. É um livro sobre doação, sobre alguém que se doa para tornar o sonho de outra realidade. Também é um livro sobre esperança. E principalmente, é um livro sobre o poder do destino na vida das pessoas.

“Embora fosse muito mais fácil utilizar a madeira dos pilares de Belleville, nunca pensei em destruí-los. Eu seria incapaz de tocar neles, pois tinha a esperança real de que um dia eles iriam suportar mais do que sonhos.”  (pg. 86)

A narrativa do Felipe é bem fluida e as páginas passam tão rápido que nem se percebe. Aliado a isso, os capítulos curtos ajudam bastante. É uma história que me prendeu bastante, sempre queria saber o que iria acontecer e não há parágrafos desnecessários. Acho que a única coisa que me incomodou era que algumas coisas eram previsíveis e eu já imaginava o que iria acontecer, mas nada que estragasse a beleza da história.

Confesso que eu não sei se faria o mesmo que o Lucius fez por Anabelle. Em alguns momentos eu ficava com o coração apertado pelo que ele teve que abrir mão, e em um determinado momento, devido a uma ação do tio de Anabelle, eu tive muita raiva, e quase chorei junto com o Lucius.

Não há muito personagens secundários. Entretanto, vale a pena mencionar o professor Miranda. Ele foi de extrema importância para tornar o sonho de construir a montanha russa em realidade. E mesmo não acreditando na história de viagem no tempo, ele sempre apoiou Lucius, e ele teve uma atitude que eu achei simplesmente incrível. O livro também nos mostra o poder da amizade, o que ela é capaz de fazer.

A história de amor entre Anabelle é tão bonita, tão profunda, que mesmo nunca tendo se visto e mesmo sabendo que nunca poderão se ver, eles vivem apenas um pelo outro, o pensamento de um está sempre no outro.

“Cheguei a um ponto em que quero esquecer que o mundo não para de se mover e me concentrar somente no que estamos planejando juntos. Quero fazer parte do seu universo, e já aceitei você no meu. Que tudo isso seja pelo meu pai. Que seja por Belleville. Que seja por nós dois.” (pg. 165)

Bom, com certeza não consegui compartilhar tudo o que eu senti com ele livro, mas espero que tenha conseguido pelo menos um bom resultado. Recomendo para todos que gostam de histórias de um amor que ultrapassa todas as barreiras, do tempo e do espaço; mas também para quem gosta de histórias de sonhos e esperança.

Venha você também dar uma volta por Belleville e se aventurar nessas curvas, subidas e descidas.







28 comentários:

  1. Oii,

    Aaah eu gostei tanto da resenha, é a segunda que eu vejo sobre o livro, mas ainda não pude ler. Quero sentir as emoções do livro e entender um pouco mais sobre a história. Gostei muito mesmo!!

    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana,

      Que bom que gostou da resenha, o livro é lindo e incrível. Espero que leia e goste!!

      Obrigada pela visita!! Beijinhos!

      Excluir
  2. Oi, Rafaella!

    Não conhecia o livro, e agora, depois de ler sua resenha não me arrependo de tê-lo conhecido. Parece muito bom e deu vontade de entender melhor como se desenvolve essa história.

    Abraços,

    http://legereoculis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raimundo, que bom que gostou da resenha!! Espero que leia e goste, é um livro muito bom!!

      Obrigada pela visita!! Beijinhos!

      Excluir
  3. Oie, tudo bom?
    Eu já conhecia a capa do livro, mas não sabia nada sobre a história. Me lembrou o filme Casa do Lago onde duas pessoas se comunicam por cartas, mas vivem em anos diferentes. O romance promete muito, mas também prevejo muitos dramas e problemas por causa desse tio.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline, tudo bem? O livro é muito bom!! Lembra realmente "A Casa do Lago" sim, inclusive eu vi o filme, porque vi a dica em um blog e falava que tinha a mesma temática... adorei o filme, só que nele a diferença é de apenas 2 anos, agora imagina uma diferença de 50 anos!? O livro é bem interessante e eu ficava torcendo para os personagens receberem as cartas, pq a melhor parte. E nossa, pode apostar que terá muito dramas e problemas por causa do tio sim!

      Obrigada pela visita!!

      Beijinhos!

      Excluir
  4. Oi, tudo bem? Sempre ouço falar bem desse livro e claro sou louca para ler ele, acho a capa linda, minha amiga leu e amou, esse romance parece ser incrível, já está na minha lista.
    Seguindo seu blog, beijos :)
    http://leit0res.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bia, esse livro é realmente muito bom!! Recomendo bastante e espero que goste!!

      Obrigada pela visita!!

      Beijinhos!

      Excluir
  5. Olha eu tenho o livro em minha estante e estou querendo muito ler, mas eu ainda não tive a oportunidade. Espero poder gostar da história, pois adorei tudo que vc colocou em sua resenha. Me pareceu bastante interessante. Mas eu ainda não sei o que esperar desse livro. Espero não me decepcionar =]
    Parabéns linda, adorei também seu ponto de vista que me convenceu ainda mais a ler logo o livro, pois os autores nacionais tem me fascinado bastante.

    Adorei o seu cantinho
    Vou te seguir linda
    bjokas

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Silvana, tudo bem? Que bom que gostou da resenha, e espero que goste do livro, a história é bastante emocionante e prende bastante a atenção. Espero que não se decepcione, pois sei como é ter altas expectativas em relação a uma história e elas acabarem não sendo atendidas.

      Eu tenho lido bastante livro nacional ultimamente, e está sendo uma experiência maravilhosa... nossos autores são muito bons e merecem ser valorizados e reconhecidos.

      Obrigada pela visita!!

      Beijinhos!

      Excluir
  6. Livros nacionais cada vez mais ganhando espaço entre os leitores <3
    Gostei muito da sua resenha, até tenho vontade de ler o livro, mas me falta oportunidade, mas quem sabe não compre no mês que vem, rsrs. Vou confessar uma coisa: ACHO ESTA CAPA LINDAAAAAAAAAAA!
    Haha, abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Agora entendi o motivo de tanto amor por esse livro. A história dele me lembrou aquele filme "A Casa do Lago" que é muuuuuito amor. Amiga linda parabéns pela resenha, ficou excelente! Só para constar, li duas vezes de tão boa que ela é. Agora adivinha? Quero o livro. UHAUHAHUAHUAHUHAU

    Parabéns pelo blog meu anjo, muito sucesso!
    Beijos, Rob

    ResponderExcluir
  8. Ola Rafa não me chamou muito atenção essa sinopse mesmo sendo bem diferente essa troca de cartas , realizar o desejo do último morador. Mesmo com todos os elogios vou deixar a leitura para depois. Quem sabe em outro momento. beijos lindona

    ResponderExcluir
  9. Olá

    Não me interesso pela história do livro; a capa não me atraiu e a narrativa ser em primeira pessoa também não me deixou curioso. Fico feliz que tenha curtido a leitura e sobretudo a fluidez da escrita do autor. Não sou muito fã de histórias do tipo então dispenso a dica, infelizmente.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Rafaella. Estou bem curiosa para ler esse livro, já pude conhecer o autor pessoalmente e ele é muito simpático, ele falou sobre o livro, sobre como escreveu e eu fiquei bem interessada. A capa é bem linda, e fiquei muito feliz em ler sua resenha, que bom que gostou.

    Beijos,
    http://www.leitorasempre.com/

    ResponderExcluir
  11. Olá

    Eu vi este livro em promoção e nem sabia que era tão perfeito, se não teria comprado kkk. Lembra demais o enredo do filme "A Casa do Lago", com a Sandra Bullock e o Keanu Reeves. Adorei a resenha e se ainda tiver promoção vou comprar e devora-lo e volto para comentar o que achei.
    Abraços

    estantejovem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. O resumo do que eu entendi pela sinopse: Belleville é a versão literária de A Casa do Lago com uma diferença de tempo maior. Como gostei do filme, devo gostar do livro também.
    Acho que essa previsibilidade toda se deve ao fato de o autor ser bem metódico na escrita, ele planeja tudo antes de escrever. Talvez isso comprometa uma possível surpresa na história.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  13. Também me apaixonei por Belleville!! *-* A escrita do Felipe é mesmo muito fluida, e é lindo ver o relacionamento entre o Lucius e a Anabelle mudar, ver como as cartas se alteram à medida que eles conseguem acreditar um no outro e embarcar nessa história. Esse negócio de abrir mão do sonho pelo sonho de outra pessoa, também não sei se seria capaz. Mas que é uma linda história, é.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Adorei a sua resenha, eu ainda não tinha lido nenhuma sobre esse livro, na verdade eu ainda não tinha lido nada sobre o livro, ele não chamou a minha atenção, então acabei que nem fiquei curiosa em saber do que ele se tratava. Agora lendo a sua resenha fiquei um tanto arrependida, pois a história parece ser bem bacana e original, nunca tinha visto uma história assim, achei ela interessante, mas essa coisas das coisas serem um tanto previsíveis me deixou com um pé atrás, porque quando os livros são assim eu não consigo gostar deles :/ Mas quem sabe um dia eu não leria esse livro e goste mesmo com essas coisas previsíveis o/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Não conhecia esse livro, mas achei muito legal a ideia das cartas. Acho que é ainda mais interessante o fato de ser em linhas temporais diferentes. Lembra bastante aquele filme, que não lembro o nome, com a Sandra Bullock e o Keanu Reeves. Um livro bem legal e se eu tiver oportunidade, lerei.

    Beijos.
    Bell

    http://contosdoguerreiro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Hey, Rafa!

    Eu não conhecia o livro, mas adorei a premissa da obra e a nota que você deu à ela. Realmente parece ser uma leitura fluida e prazerosa. Se eu vê-lo em desconto, certamente adquirirei meu exemplar!

    Até logo,
    Sérgio H.

    www.decaranasletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. OIe,
    Estou ansiosa para ler esse livro, contudo, achei que muitas coisas me remeteram ao filme A Casa do Lago.
    Espero amar como muitas amigas e como você! Fiquei interessada por saber que a narrativa do Felipe é cuidadosa, detalhada sem ser exagerada!
    Adorei!
    Beijos
    Chrys Audi
    http://www.todasascoisasdomeumundo.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá flor, sua resenha foi linda... fiquei encantada... li a primeira resenha desse livro no blog da Ju e no mesmo dia comprei o livro... a história me faz lembrar do livro a casa do lago, mas acredito que a narrativa seja diferente e a história dos dois sejam diferentes... Gostei de tudo que li e só me deu vontade de ler e logo esse livro... Xero!!!

    ResponderExcluir
  19. Oi Rafa,

    Adorei a sua resenha. Eu comprei o livro na Bienal do Livro de São Paulo e ele está na minha lista de prioridades, também conheci o Felipe Colbert que é uma pessoa fantástica, simples e cheia de conteúdo. O Cara é daqueles que dá vontade ficar conversar por horas e horas sem sentir o tempo passar.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi Rafinha, tudo bem?
    Que linda a sua resenha!!!!!!! Consegui sentir o amor entre os personagens através das suas palavras e a tristeza deles também!!!!!! me vi querendo ajudá-los mesmo isso sendo impossível, risos... lembrou um pouco o filme a Casa dos Lagos e eu fiquei torcendo para que o livro tivesse o mesmo desfecho: eles se encontrando e ficando juntos!!!
    Dica super anotada, adorei o livro.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Oi, confesso que tive que ler a sua resenha por duas vezes para poder ter uma ideia clara sobre o que senti sobre o livro, e acabei decidindo que gosto. A ideia de uma paixão via carta em momentos diferentes do tempo me deixou um pouco confusa, mas terminando a leitura da resenha acabei tendo certa simpatia pela ideia. O Felipe foi muito feliz com essa original valorizando demais o livro.

    Com certeza vou ler esse livro. Beijos.

    ResponderExcluir
  22. Oieee, este livro me lembra ao filme A Casa do Lago, no filme a história é quase a mesma, os dois protagonistas principais tbem vivem em épocas diferentes e ambos trocam cartas assim como estes dois protagonistas, achei a temática bem interessante e eu leria o livro com certeza, a capa é linda e eu tenho certeza que irei adorar o livro rsrs, adorei a dica de leitura, Abraços.

    ResponderExcluir
  23. Oi,
    sua resenha está completamente instigante. Já li algumas resenhas do livro, mas a sua foi a única me fez ficar completamente louca pelo livro rsrs Achei linda a sua resenha, o livro já entrou para a lista de desejados, sem contar que essa capa é linda!
    Adorei!!!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...